panqueca e frutos do bosque - pacman

Ter um negócio pode ser cativante, ser o seu próprio patrão e fazer o que mais gosta para o resto da sua vida. Mas, como se destacar da multidão? Ter um negócio sustentável, que vai de “vento em poupa”, que inspira as pessoas, que faz mais, e é mais do que aquilo que tem de ser. Um negócio que não é só um negócio, mas algo que as pessoas vivam e respirem. Algo notável.

Pense na pessoa mais impressionante que conhece. O que é que faz, com que ela se diferencie de todas as outras, que estão e fazem parte da sua vida? Será que é porque é cheia de energia, é apaixonada(o) no que ela(e) acredita ou porque simplesmente é excelente em tudo o que faz? Provavelmente há aqui muito “pano para mangas” nesta analogia que poderá aplicar ao seu próprio negócio.

Ser notável depende das fronteiras. O maior, mais rápido, mais lento, mais rico, mais fácil, mais difícil. Nem sempre importa qual a fronteira, desde que estejamos dispostos a cumpri-la, ou ultrapassá-la. – Seth Godin

Como startup ou pequeno negócio, você está na posição perfeita para criar um negócio extraordinário: você não é uma corporação sem rosto, e deu o salto para o seu próprio negócio movido pela paixão e criatividade.

Aqui na nossa agência temos sorte de trabalhar com algumas empresas/negócios brilhantes, corajosos e notáveis. Então pensámos partilhar alguns conselhos. Estamos aqui para tentar colocar isto por escrito, e ajuda-lo(a) a si e ao seu negócio a chegar ao próximo nível.

Por que você precisa de um negócio notável?

1. Vai ajudá-lo(a) num mercado sobre-lotado
O consumidor já não confia mais em preço ou qualidade para tomar uma decisão, devido à escolha esmagadora de alta qualidade e valor para produtos ou serviços. Em vez disso, eles podem ser mais meticulosos, e escolher as suas empresas favoritas. Um negócio notável não só irá ajudar você a se destacar entre os concorrentes, mas se os seus valores e princípios são claramente exibidos, os clientes com ideias semelhantes serão atraídos para você.

2. Construir a lealdade dos clientes e funcionários
As marcas são muitas vezes o tomador de decisão quando se trata de decidir entre produtos similares, e como as pessoas tendem a construir lealdade para com os seus favoritos, vale a pena ter um negócio incrível que as pessoas vão reconhecer, amar e não querer deixar.

3. Por isso, pode crescer com sucesso
Um negócio notável pode crescer, desenvolver e adaptar como o mercado faz. À medida que novos produtos e ideias vêm em primeiro plano, a sua empresa deve mover-se para manter-se, sem perder de vista os seus princípios e valores. Se é notável, você vai ser o líder do mercado, e você não vai perder a sua base de clientes leais no processo.

O que torna um negócio notável?

Ser brilhante não é algo que as pessoas fazem nascer. É preciso coragem para ser notável, porque sendo notável significa que você é diferente – e para muita gente, isso é algo assustador. Se você acredita no seu negócio o suficiente para o ter começado, é só traçar essa confiança e levar a coisa para o próximo nível.

Superar as espectativas: não pode simplesmente decidir que quer ser fabuloso, tem que agir como tal. Comece a fazer mais do que o necessário, e a dar tudo o que pode. Como pode tornar a vida mais fácil para os seus clientes? Você pode garantir que eles tenham a melhor experiência possível? Seja a empresa que os clientes pensam que é bom demais para ser verdade.

Sem desculpas: pare de se lamentar que não é capaz de fazer isto ou porque eu não fiz aquilo: em vez disso faça-o, ou pare de reclamar que você não pode ou não é capaz. Uma perspectiva negativa pode derrubar toda uma equipa, então em vez disso, por que não se concentrar no que você pode fazer. Talvez não haja nenhuma hipótese de ultrapassar uma empresa multinacional, mas pode ser melhor do que eles a nível nacional. Tome a decisão de ver o lado bom, e não o pior.

Como um grande empresário disse uma vez: “Não percas a oportunidade de falar com quem puderes. Nunca se sabe onde pode acabar, podes estar a desperdiçar oportunidades de negócio – não importa que seja a pessoa que está ao teu lado no café, a pessoa que vai a ler o jornal ao pé de ti no autocarro, se for alguém com quem tu possas fazer network faz, outro empreendedor ou um homem de negócios.”

Mantenha-se fiel às suas convicções: aprender a dizer não. Se algo pode comprometer a autenticidade da sua empresa ou do seu caráter, diga que não. Não se sinta mal com isso, e não se engane ao pensar que é o que você quer. Você conhece os valores e princípios que estão no centro do seu negócio, por isso não os diminua e não destrua a sua reputação. Ser notável é saber como e quando escolher as melhores oportunidades, ao invés de agarrar qualquer coisa que apareça.

Não se contente: o segundo melhor não é bom o suficiente. Se você quer algo, vá atrás dela, lute por ela, não suponha apenas que aquilo que quer obter está fora do seu controle. A não ser que seja algo que está realmente fora do seu controlo, como a lua. Coloque as suas metas altas, e mesmo que não as consiga, você vai acabar melhor do que todos os outros.

[text_box class=”orange” title=””]Não desista quando fica difícil.[/text_box]

É um facto: para ser notável, você precisa de ser comentado, então pense como você vai fazer isso. Quais são os seus USPs? USP = Unique Selling Proposition (proposição única de vendas)? Você faz o possível e o impossível? Você pode patrocinar uma equipa de futebol local? Seja o negócio que as pessoas sabem por causa do que você faz – não por causa do que você não faz.

Histórias: certifique-se de que as histórias que circulam ao redor do seu negócio são positivas. Certifique-se de que eles sabem do seu grande apoio ao cliente, a uma obra de caridade, do seu site espetacular, ou dos seus projetos inovadores. As pessoas vão sempre contar histórias, e elas são o jogador principal quando se trata de modelar uma empresa – pense sobre o que você pode tirar de marcas como a McDonald’s, a Coca-Cola, e Nike, e aprender com seus erros e triunfos.

Simplicidade e honestidade: não complique demais as coisas. Seja claro no que você representa e o que você faz. Não tente esconder as coisas dos seus clientes, e esteja sempre aberto(a) as opiniões das pessoas. As pessoas devem ser capazes de associar o seu negócio com uma ou duas palavras, uma imagem ou uma ideia, sem ter que pensar muito sobre isso.

Ser diferente: como dono(a) de uma pequena empresa, você não pode lutar contra empresas maiores que têm campanhas publicitárias milionárias, mas pode jogar um jogo diferente. Seja original, verdadeiro(a), e diferente. Não pode combater fogo com fogo, mas você pode torcer as coisas. Mantenha-se fiel à sua promessa e à sua paixão, mas não tenha medo de ultrapassar barreiras e experimentar novas ideias.

Assumir riscos: ou seja, não jogar pelo seguro. Se você quer ser diferente, ser falado(a), e ser conhecido(a), é preciso correr riscos. É muito fácil ficar dentro de sua zona de conforto, mas muitas vezes as melhores campanhas e ideias vêm quando você sai fora. Seja ousado(a), e as pessoas vão reagir. Você já tomou um enorme risco ao começar o seu próprio negócio, então use essa mentalidade para empurrá-lo para a frente.

As pessoas: o seu negócio é muito mais do que os serviços ou produtos que oferece: são as pessoas que trabalham por trás dele, e querem que ele tenha sucesso. Mesmo que este negócio seja o seu bebé, encontre pessoas com ideias semelhantes, que sejam tão apaixonadas, e acreditem nos mesmos princípios tanto ou mais que você, e que querem as mesmas coisas para a empresa. Uma equipa de colaboradores que podem viver, comer, respirar e dormir a sua ideia, vai fazer uma enorme diferença.

Ter uma voz: as redes sociais abriram a relação entre consumidor e fornecedor para um nível totalmente novo. As empresas já não se podem esconder atrás de um call center. Se você quer que as pessoas falem sobre o seu negócio, você precisa iniciar a conversa. Comece um blog e transmita os seus princípios de marca, e o mais importante – ser interessante. Um escritor brilhante pode manter as pessoas no seu site por mais horas do que o previsto, e mesmo que eles possam não querer os seus serviços no momento, se eles estiverem constantemente a voltar, para ler sobre o que você está a fazer ou o que se está a passar, eles estarão muito mais abertos para mantê-lo em mente para futuras oportunidades de negócio.

Personalidade: se o seu negócio fosse uma pessoa, como, ou quem é que ela seria? Uma empresa notável ganhará vida e assumirá a sua própria persona (identidade) – certifique-se que será boa.

Conclusão

Tudo o que tenho falado até agora vai ajudar a criar a sua marca, mas assim como o nosso cérebro filtra as coisas que deve e não deve dizer – você precisa ter a certeza de que está no caminho certo. Não deixe que nada seja aprovado ou feito se não é completamente a cara da sua marca, e veja o que as pessoas estão dizendo sobre você. Vê um comentário recorrente aparecer online? Aprecie os bons comentários ou elogios ou pense no que poderá mudar.

Acima de tudo, pense nos seus clientes. Um serviço com um sorriso é fantástico, mas se você quer ser notável, tenha isto em mente em tudo o que faz, diz e oferece.

Portanto, você já sabe que ter um negócio notável é sobre superar expectativas e fazer do seu negócio o melhor que pode ser. Mas o que é um negócio verdadeiramente notável para você? Deixe-nos o seu comentário ou dicas.

logotipo sauzza3 - O que torna uma empresa verdadeiramente notável?
Logótipo
Design logótipo profissional
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

1 comentário

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment