Facebook resposta a comentários

O Facebook lançou uma nova funcionalidade nas páginas Facebook que lhe permite a si como administrador de página, assim como os seus fãs, a poder responder a comentários individuais em cada um dos seus posts (publicações). Isto permite um tipo de conversação em cascata, como é comum se ver em comentários em blogs e em alguns fóruns.

Esta funcionalidade não só torna as conversações mais fáceis de acompanhar, mas também aumenta o envolvimento, já que é possivel você responder aos fãs de forma individual, incentivando-os assim a continuar a conversação consigo já que lhes está a prestar atenção individual. Isto também permite aos fãs que respondam diretamente uns aos outros. Anteriormente, se um post tivesse muitos comentários, poderia ser difícil conseguir acompanhar a quem é que respondemos previamente ou queríamos responder, e por vezes isso deveria fazer com que algumas pessoas não chegassem a responder de todo.

Responder a comentários individuais, funcionalidade implementada em Março de 2013 pelo Facebook, é uma funcionalidade que os administradores de página têm de ligar. Para ver esta opção, certifique-se que o seu painel de administração está escondido, para tal clique em Ocultar se for necessário.

Ocultar painel de controlo facebook

Depois clique em Ativar Respostas.

Ativar respostas no Facebook

Irá depois ver uma mensagem de confirmação de que as respostas estão ativas.

Respostas facebook ativadas

As respostas só estão disponíveis em novos posts que são publicados na sua página. Esta funcionalidade não é adicionada retroativamente a posts antigos. Para responder a cada comentário individual num post, clique simplesmente em Responder em vez de escrever um comentário no campo de texto normal.

Facebook resposta a comentários

Depois poderá escrever a sua resposta no sítio correto.

escreveresposta

Como Envolver os Fãs no Facebook

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4773

7 comentários

  1. Olá João.

    No seguimento deste “post”, gostaria de lhe colocar uma dúvida acerca da moderação de comentários em páginas institucionais de Facebook.

    Julguei que o controle que se pode exercer sobre os comentários dos utilizadores, estaria relacionados com os “gostos” que os mesmos fizessem nas páginas institucionais. Isto à semelhança do que sucede com os perfis pessoais, onde apenas podem fazer comentários os utilizadores que formalizem pedidos de amizade.

    Nesse sentido, pensei que a moderação da participação de utilizadores que repetidamente inserissem comentários negativos, poderia ser feita por via de um bloqueio desses utilizadores.

    Contudo, apercebi-me que é possível fazer comentários em páginas institucionais mesmo que não façamos previamente um “gosto”. Ou seja, é impossível ter à partida qualquer tipo de controle sobre os comentários desses utilizadores.

    Uma alternativa que me apresentaram passa pela moderação prévia de todos os comentários feitos página. Ora, esta solução sendo “estrutrual”, parece-me não só contraditória com os princípios de liberdade de expressão que o Facebook promove, como também de difícil execução, já que obriga a uma permanente monitorização dos comentários que são feitos, para que estes não fiquem muito tempo sem ser publicados.

    Pode dizer-me se há alguma forma de exercer um controle à “posteriori” da publicação sobre os comentários de utilizadores que não possuem qualquer relação (“gosto”) com a página?

    Obrigado e desculpe este comentário tão extenso.

    Miguel

    • Olá Miguel,

      Nas páginas institucionais, em teoria, qualquer pessoa poderá colocar um post.

      Por vezes há utilizadores que colocam comentários negativos ou fazer publicidade/spam para os seus próprios projetos. Podemos pedir que eles não o façam, no entanto, se eles o continuarem a fazer, é possível bloquear o utilizador, se ele for fã.

      Agora, atenção, é aqui que isto se torna importante. Se clicarmos em “X” para ocultar o comentário, apenas significa que nós não vamos ver o comentário, mas as outras pessoas verão. É necessário também removê-lo.

      É possível, em adição a remover o comentário, banir esse utilizador, e se assim for, o utilizador nunca mais poderá interagir com a pág. institucional do Facebook. Ele pode ser à mesma um fã (ou seja, ser um Gosto), mas nunca mais publicar conteúdos na nossa página. No entanto não é possível bloquear pessoas que não são fãs.

  2. Bom dia João Alexandre,
    Tenho uma conversa de há alguns meses “arquivada” no chat do FB.
    Há algum modo de a ver de uma só vez ou, sem ser “página a página” e, de preferência, copiar todo o conteúdo para um doc no Word?
    Obrigado

  3. Olá João.

    Obrigado pela sua resposta, que vem confirmar aquilo que era a minha ideia.

    Não sei se as limitações existentes na gestão de comentários “à priori”, no que toca às páginas institucionais é deliberada e intencional por parte do Facebook. Refiro-me, em concreto, ao facto de não podermos ter qualquer tipo de controlo estrutural e definitivo sobre os comentários de utilizadores que não fazem “gosto” na nossa página.

    Considero que se trata de uma limitação séria para quem gere estas páginas e o pretende fazer de uma forma aberta e responsabilizando os utilizadores. Isto porque conduz a que escolha mais lógica por parte dos administradores seja a de que fazer um controle “à priori” sobre os comentários, autorizando apenas a publicação daqueles que se enquadram nos critérios da página.

    Pessoalmente não me revejo nesta segunda opção, mas também não quero abdicar de todo e qualquer tipo de controle sobre as publicações, o que me poderá “empurrar” para escolher um “perfil pessoal” para uma entidade institucional.

    “Quem não tem cão caça com gato”!

    Abraço.

    Miguel

  4. Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Este tipo de conteúdo tem me ajudado muito no desenvolvimento pessoal.
    Obrigado
    Manuela Silva

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment