Estratégias de marketing para usar no Linkedin

Se já pensou em usar o Linkedin para aumentar a sua visibilidade, encontrar mais prospetos, e angariar clientes, então este artigo é para si.

O Linkedin é uma rede social que pode ser bastante produtiva se a soubermos usar bem.

Porquê o Linkedin?

  1. Os utilizadores do Linkedin vivem confortavelmente: cerca de 50% dos utilizadores Linkedin ganham mais do que 60000 dólares Americanos por ano e 36% ganham mais do que 100000 dólares por ano;
  2. Os utilizadores do Linkedin têm percurso académico: 46% têm um curso e 27% têm algum tipo de pós-graduação;
  3. Os utilizadores do Linkedin adoram o Linkedin: quase 25% dos utilizadores usam a plataforma pelo menos uma vez por dia.

Eis então as cinco estratégias de marketing no Linkedin mara melhorar a visibilidade o seu projeto e encontrar mais pessoas interessedas.

1. Habitue-se a usar o Linkedin com frequência

Nada disto vai funcionar se você não empregar o seu tempo nalguma espécie de rotina relativamente à sua presença no Linkedin. Habitue-se a criar ou partilhar conteúdo original e a gostar, comentar e interagir com a comunidade, especialmente a sua network (as pessoas a quem está ligado). Participe em grupos e “massage” a sua network para prospetos.

2. Ligue-se a mais pessoas, mais inteligentemente

Estou a partir do princípio que você já envia mensagens personalizadas para pessoas que conhece em eventos, conferências, etc, para que eles se juntem à sua network. Não se esqueça de enviar convites para amigos e conhecidos pois eles têm as suas próprias networks, assim como clientes, parceiros ou distribuidores.

3. Junte-se a grupos e participe neles

Em vez de apenas se juntar a grupos relacionados com a sua indústria ou atividade, dê uma espreitadela em grupos, no geral, que contenham membros bastante envolvidos no tema do grupo. Junte-se às conversações, adicione os seus pontos de vista ou opinião como profissional, desde que apropriado. Você também pode iniciar conversações mas tome nota que o objetivo é envolver-se e ajudar os outros, e não vender o seu produto ou serviço à força.

4. Experimente anunciar no Linkedin

O Linkedin pode vir a ser um melhor sítio para anunciar do que o Facebook, porque os utilizadores do Linkedin são incentivados e lembrados pela própria plataforma a completarem os seus perfis. No Facebook, isto já não é bem assim. É possível segmentar de forma avançada os seus anúncios para o tipo de pessoas a quem quer chegar, seja por atividade, empresa, tamanho da empresa, localização, etc. Se e quando anunciar no Linkedin, lembre-se de melhorar contínuamente os seus anúncios para aumentar a eficiência dos mesmos. Se precisar de ajuda, leia o nosso Guia de Campanha de Anúncios Linkedin, porque é bastante completo e simples.

5. Investigue os seus prospetos e peça introduções

Você tem uma network por alguma razão. As pessoas que estão na sua network podem e devem ser usadas (no bom sentido) para encontrar potenciais clientes. Poderá encontrá-los na sua rede, na sua feed de notícias, na página do Linkedin da empresa, e nas recomendações. Dê uma espreitadela às conexões deles e peça às pessoas da sua network para o apresentarem. Faça de seguida o acompanhamento com essa pessoa e dê-lhes a saber porque é que o(a) gostava de conhecer e como é que trabalhar consigo os vai beneficiar a eles.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4778

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment