ícone de email com balão

Não há nada tão importante quanto uma lista de emails (consentida) de seguidores seus. Mas como criar esta lista? Talvez tenha um formulário de “subscreva o website/blog” na barra lateral ou no final do artigo (como eu tenho), e quem sabe isso até converta alguns visitantes.

Mas por uma razão ou por outra, pode ser necessário criar uma lista de emails mais rapida e eficientemente. Então, como criar uma grande lista de emails consentida?

Criar uma lista de emails em grande escala

  • Tráfego segmentado que visita o seu website
  • Visitantes que se convertem em subscritores
  • Subscritores que gostam tanto do website que o mencionam aos amigos

Não são conceitos revolucionários, não há segredo, apenas inteligência de marketing e esforço, só tem de melhorar os três aspetos anteriores.

1. O seu website como um formulário gigante

Quantas pessoas vêem a sua homepage? Muitas? Provavelmente sim. Se tem um blogue com artigos educacionais como nós temos na nossa agência, chegará à conclusão que a sua homepage tem tantas visitas quanto os seus artigos mais populares.

Assim convém ter logo na sua homepage algum formulário de captação de subscritores como mostro em baixo.

Caixa de subscrição newsletter numa homepage (exemplo)

Caixa de subscrição newsletter numa homepage (exemplo)


2. Não use popups chatos

Normalmente um formulário de subscrição de entrada numa newsletter aparece no final do artigo e numa barra lateral (como nós temos, experimente procurar no final do artigo e do lado direito).

Mas pode adicionar um formulário flutuante de inscrição para a newsletter. Note no entanto que tem que ser algo não intrusivo e que não seja chato, porque algumas pessoas consideram estes popups de formulário um pouco pressionáveis.

Ao adicionar um formulário flutuante de inscrição, poderá aumentar a sua taxa de inscrição na newsletter por 3 a 5% porque chama mais à atenção do utilizador do que um formulário na barra lateral ou no final do artigo. Há vários módulos personalizados ou gratuitos que pode usar para isto. Experimente o SumoMe ou o Plugmatter Optin Feature Box.

Formulário subscrição newsletter em popup

Formulário subscrição newsletter em popup

3. Agregue valor acrescentado ao leitor

A maioria dos blogues falham nisto redondamente ao serem promocionais ou falar apenas sobre eles. Ajude o leitor, agregue valor e apresentar conteúdo que seja útil. No blog da nossa agência apresentamos artigos que ajudam empreendedores e PME’s a tirar mais partido do marketing tradicional e digital.

Para criar super artigos que as pessoas querem partilhar:

  • Crie um traçado geral do artigo (um exerto por exemplo que depois irá alongar)
  • Preencha esse esquema com histórias e estatísticas
  • Use palavras simples e remova conteúdo desnecessário
  • Adicione outros exemplos (além de histórias) que suportem o ponto ou tema apresentado
  • Escreva um bom título (use as suas competências de copywriting)
  • Escreva o artigo de modo a ter 1000 palavras para ser completo

Um dos nossos artigos mais populares, 14 ferramentas para espiar a sua concorrência tem 2000 palavras e apresenta recursos úteis para qualquer profissional e empresa que queira investigar a fundo a sua concorrência online.

Exemplo de um artigo com 2000 palavras que os leitores adoraram

Exemplo de um artigo com 2000 palavras que os leitores adoraram

Escrever pode ser aborrecido e difícil, mas não crie artigos só por criar.

4. Crie um incentivo para se subscreverem

Apele ao interesse do visitante e não o seu. Se quer angariar mais pessoas para a sua lista, crie algo que seja de interesse para o seu mercado, como apresentar um guia gratuito como troca pela informação do utilizador. Este é um exemplo do nosso guia para envolver fãs no facebook.

Apresente algo ao leitor, apele ao interesse dele e não ao seu

Apresente algo ao leitor, apele ao interesse dele e não ao seu

Os incentivos a usar poderão ser estes, apenas a título de exemplo.

  • Ebooks ou guias
  • Infográficos
  • Checklists
  • Vídeos
  • Mini-curso de email

Nem é necessário passar muito tempo a criar conteúdo. Poderá agarrar em artigos ou outro conteúdo que já tenha escrito e apresentá-lo na forma de um guia ou relatório.

Se tiver um artigo muito detalhado e extenso no seu website, poderá transformá-lo num ebook e apimentá-lo com um design bonito para facilitar a leitura e o interesse.

5. Faça testes A/B

Fazer uso de testes de conversões não são apenas para empresas grandes. Os testes A/B são uma forma de poder crescer a sua lista mais depressa.

Eis um exemplo. Se 4% dos visitantes ao seu website se subscrevem atualmente para a sua newsletter, isso significa que por cada 100 visitantes, você tem 4 novos subscritores (100 x 4% = 4).

Suponhamos que conseguimos aumentar a conversão para 7% com os nossos testes A/B. Agora teremos 7 subscritores por cada 100 visitantes (100 x 7% = 7).

Não parece muito, mas em larga escala faz toda a diferença. Por cada 1000 visitantes obterá 70 novos subscritores, em vez dos 40 anteriores.

Nem é necessário ser um doutor para perceber de estatísticas ou fazer testes. Pode usar ferramentas como o Visual Website Optimizer ou o Optimizely.

Visual Website Optimizer permite mudar elementos do seu website para testes

Visual Website Optimizer permite mudar elementos do seu website para fazer testes de conversão

Com essas ferramentas pode escolher que elementos do seu website quer mudar e adicionar variações, criando também objetivos, como por exemplo alguém clicar num butão ou inscrever-se num formulário.

Espere para ter pelo menos algumas centenas de testes antes de criar novas variações para ir testando e melhorando cada design.

Aconselho testar os seguintes elementos.

  • Títulos
  • Imagens
  • Incentivos
  • Apelos à acção (call-to-actions)
  • Butões de subscrição

6. Crie um bom relacionamento com os subscritores

Após ter feito os passos anteriores, pode dar uma palmadinha nas costas porque já tem bastante trabalho concluído para o(a) ajudar a alcançar mais pessoas para a sua lista de email.

Mas a história não acaba aqui. Bem pelo contrário, agora há que criar um envolvimento com as pessoas. Não vai conseguir criar uma boa comunidade de pessoas interessadas nos seus produtos ou serviços só por ter uma lista de emails.

Trate cada subscritor como uma pessoa que esteja à sua frente a visitar a sua tenda numa feira ou num evento. Você já tem a atenção deles, mas tem de a manter.

Eu sou subscritor de várias newsletters, mas há poucas aquelas em que sinto mesmo envolvido. Uma das que acho bem úteis é do Noah Kagan que não tem medo de dizer as coisas tal como elas são, ao mesmo tempo que apresenta conteúdo útil e da vida real. O último artigo dele mostra como gastou $50000 em anúncios Youtube, no qual partilhou essa experiência num artigo do blog dele.

Noah Kagan, descrição resumida de quem ele é e o que ele faz.

Noah Kagan, descrição resumida de quem ele é e o que ele faz.

Além do mais ele é uma pessoa terra-a-terra e quando pode comenta e envolve-se com os leitores.

Siga o exemplo dele. Quer tenha um sistema de email marketing automatizado ou não, encontre maneira de acolher os seus leitores de forma mais pessoal.

Os seus leitores não devem apenas abrir e ler os seus emails, devem ficar entusiasmados de ver o seu nome ou o nome da sua empresa caixa de correio deles.

Agora, toca a agir. Não fique preso na informação deste artigo. Faça qualquer coisa, agora, que vá ao encontro de aumentar a sua lista de subscritores. Não deixe para amanhã o que pode fazer agora.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment