portatil

Quão envolventes são os seus emails? Talvez tenha uma perceção, mas quão interessantes é que eles são para os seus subscritores? Pode ver as estatísticas, como a taxa de abertura de diferentes campanhas e newsletters, mas será que consegue medir o envolvimento do seus esforços de email marketing?

Como rever o envolvimento de email marketing

Com estas dicas saberá que aspetos nos seus emails não estão a funcionar para os poder melhorar, nomeadamente o envolvimento para com os seus subscritores.

  1. Envolvimento dos gráficos. Aqui é comum medir as aberturas e cliques, e combinar estes dados com a taxa de abertura. Isto mostra a percentagem de subscritores que abriram o email e clicaram. Pode comparar este métrico por todas as suas campanhas para determinar quão eficaz foi o design do conteúdo e apelos à ação. Após estabelecer uma base-padrão, está na altura de testar e otimizar a sua taxa de abertura para obter melhor envolvimento para com o seu conteúdo. Teste os seus apelos à ação com vários links para a mesma ação (experimente com uma imagem, butão, links de texto). Ter vários links para a mesma ação normalmente melhora a taxa de abertura, pois relembra às pessoas, ao longo do email, onde elas podem clicar e o que devem fazer.
  2. Minimizar envolvimento negativo. Otimize os seus métricos de email marketing, incluindo a taxa de pessoas que se removeram da lista ou marcaram o email como o spam. Nestes dois casos, o objetivo é atingir o menor número. Defina expetativas realistas para os seus susbscritores na altura em que eles se registam, no que toca ao conteúdo e frequência de emails que eles podem esperar de si em troca dos seus detalhes. Esta poderá ser a primeira abordagem ou primeiro contacto que têm consigo, portanto inicar um bom relacionamento nesta altura ajudará a criar uma lista de emails consentida e relevante. É claro que se alguém se quiser remover da sua lista, torne isso fácil para eles. Apresente um link de “descadrastar”, “remover”, ou “unsubscribe”. Muitos subscritores, quando não têm uma opção que esteja facilmente à vista para se poderem remover da lista, tipicamente clicam no botão spam, e isso não é bom para si.
  3. Envolvimento da audiência a longo prazo. Descubra qual o envolvimento que a sua audiência tem para com os seus emails ao longo dum determinado período de tempo. É importante continuar à mesma a ver a sua taxa de abertura e de cliques, mas estes métricos operacionais não nos dizem quão envolvida está a audiência com a comunicação que estabelecemos para com ela ao longo do tempo. Rever o seu envolvimento a longo prazo é uma melhor medida para as suas análises. Para determinar quão envolventes são os seus emails, tem de combinar todos os métricos, como taxa de abertura, cliques, conversões (partilhas, compras) ao longo dum período de tempo (ex.: cada três, seis meses, um ano). Desta forma, poderá definir uma “pontuação de envolvimento” para medir as suas mensagens a longo prazo, o que ajudará a melhorar o envolvimento dos seus emails para com o seu mercado.
  4. Conversações num ciclo de envolvimento. Estabeleça conversações para obter um melhor ciclo de envolvimento. As necessidades e interesses dos seus subscritores mudarão à medida que avançam no ciclo de vendas/compras (B2B e B2C), por isso garanta que está atento(a) e pronto(a) para adaptar as mensagens que lhes envia conforme os seus desejos e dores. O seu ciclo de email marketing deve ser uma conversação envolvente que faz avançar a vossa relação, pois ela não é uma via de um sentido onde se enviam emails a pontapé, mas sim a entrega relevante de conteúdo baseado no comportamento e demográficos do subscritor. Para iniciar uma conversação como via de dois sentidos, tem de apresentar conteúdo relevante aos interesses da pessoa, portanto usar a informação demográficas para enviar algo relevante baseado no sexo, idade e local deles é uma boa ideia para ter sucesso nesta área. Eis uma dica bónus. Se alguém se envolver com um vídeo no seu website, por exemplo, peça-lhes para o partilharem com os seus amigos ou conexões; ou alguém que viu um produto mas não o comprou, envie-lhes um email com código promocional; ou alguém que comprou certo produto, sugira-lhes que comprem outro produto que seja semelhante ou complementar àquele.
  5. Email marketing como solução. Um bom título, boa copy no seu email, ou boas taxas de abertura só são boas como meio para o resultado final, ou seja, a facturação que você ou a sua empresa fazem. A medição e análise do email está a mover-se para métricos mais financeiros, como impacto na facturação e retorno ao investimento, e quando se chega a este ponto, é quando o seu email marketing começam a ficar bem estratégicos. Um consumidor raramente faz uma compra como resultado duma única campanha. Talvez o último ponto de contacto que ele teve com a sua marca foi com o seu website, mas antes de escolher comprar alguma coisa de si, ele ou ela passou algum tempo no email ou na sua página facebook. Para a maioria das empresas, o último ponto de contacto (neste caso, o website) é o sítio onde a venda foi atribuída, apesar dos louros deste resultado não se basearem só no website. Por isso, deve atribuir valor a cada ponto de contacto, que como exemplo poderão ser o website, email e facebook. Neste caso cada ponto de contacto teria 1/3 (um terço) do crédito merecido para o valor final da venda. Portanto há mais para a avaliação do email do que apenas o envio, abertura e cliques.

Conclusão

Há vários métodos para rever o envolvimento e desempenho de email. Com estas dicas espero que esteja munido de conhecimento para criar mais emails relevantes que resultarão em melhores resultados para si. Como no design, nem sempre o que é bonito é o que vende mais, interessa ter resultados.

Meça o desempenho e retorno do seu email confrontando-o com todos os outros canais. Poderá descobrir que o email tem melhor desempenho que os outros canais, e que talvez deva investir mais no email, ou talvez até deva fazer o contrário e investir menos esforço e tempo. Saiba o que está a funcionar, e o que não está a funcionar nos seus canais de comunicação.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4986

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment