logotipo youtube b2b

Adicionar imagens como parte do seu conteúdo ajuda a captar a atenção das pessoas. Mas o vídeo é ainda mais eficaz no que toca a isso.

Os vídeos transmitem mais do que apenas a informação, transmitem emoção, e quando alguém decide comprar alguma coisa, ela fá-lo mais à base da emoção do que da lógica, mesmo em compras B2B.

De acordo com um estudo em forma de infográfico pela B2Bmarketing, as melhores redes sociais para efeitos de marketing B2B são o Twitter, LinkedIn e Youtube. Surpresa, não se inclui aqui o Facebook, embora os marketers também o usam.

O Youtube é uma ótima plataforma para colocar os seus vídeos B2B. O Youtube tem quase 1 bilião de visitantes únicos por mês, e é o segundo maior motor de busca, onde mais de uma centena de milhões de pessoas clicam, partilham e comentam nesta rede social, semanalmente.

Desta forma o vídeo é uma boa ferramenta para levar a sua mensagem às pessoas (e empresas). Mas como é que vai criar vídeo com impacto? Não é tão difícil ou complicado quanto isso, pois não é caro criar um vídeo que seja informativo e educacional para o seu público-alvo.

Criar vídeos B2B – melhores práticas

Ser fácil de encontrar e partilhar. Após carregar o conteúdo para o Youtube, veja se deu aos vídeos títulos pesquisáveis, descrições e etiquetas (tags). Incorpore os vídeos no website da empresa assim como nas outras plataformas sociais (Facebook, Twitter, LinkedIn e Google+) para aumentar a sua exposição.

Mantenha-se relevante. Criar conteúdo envolvente e que seja interessante é o objetivo. Vídeos que são relevantes para um mercado B2B poderão ser demonstrações de produto, comentários de clientes, estudos de caso e eventos.

Publicite os seus vídeos. Pondere divulgar os seus vídeos para que apareçam na página de pesquisa do Youtube. Use a promoção de vídeos para mostrar o seu vídeo contra outros resultados parecidos no Youtube. Use palavras-chave relevantes e categorias para chegar ao seu público-alvo.

Medir, medir, medir. Analise o visionamento dos vídeos para determinar como otimizar o conteúdo do seu vídeo. Faça uso dos analíticos do Youtube, que apresenta informação sobre quem viu os seus vídeos e o seu nível de envolvimento. Use o Google Analytics para medir o desempenho do seu canal como se de um website se tratasse. Saiba quanto tempo os visitantes ficaram, a afinidade, taxa de ressalto e como os visitantes encontraram o seu conteúdo e que fontes estão a trazer o melhor tráfego.

Dirija-se à pessoa, não à empresa. Embora o seu mercado seja empresarial, nós não somos arranha-céus de tijolo e cimento, mas sim seres humanos, como tal é uma pessoa (ou um conjunto delas) que toma as decisões de compra, portanto direcione a sua mensagem às pessoas, não ao negócio.

Conclusão

O vídeo é uma boa ferramenta para transmitir a informação do produto de forma envolvente. Enquanto que o marketing de B2B e B2C pode ser diferente a nível das táticas empregues, lembre-se que as pessoas serão sempre pessoas, independentemente se estão a comprar para elas ou para o negócio. Elas comportam-se da mesma forma quando pesquisam por produtos, portanto dirija-se à sua audiência ao criar vídeo que apele ao lado emocional das pessoas, e não ao “frio” do negócio.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

4 comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.