Homem a mostrar um quadro com a palavra "palavra-chave" escrita nele

Porquê usar o Google Adwords?

Google Adwords é a plataforma de anúncios da Google, assim como o Bing tem os Bing Ads e a Yahoo tem a Search Network. O Adwords baseia-se num sistema de licitamento onde o utilizador paga por clique baseado numa campanha com um ou mais anúncios e grupos de anúncios e palavras-chave. Este sistema é também chamado de Pay-per-Click (PPC), que em Português significa Pagar-por-Clique.

Este tipos de publicidade online pode funcionar na maior parte das indústrias quando bem feito. Usar o Adwords (ou qualquer outra plataforma deste género) requer tempo e dinheiro, mas muitas empresas já chegaram à conclusão que é tempo e dinheiro bem gasto, porque o Adwords tem um bom retorno ao investimento.

Antes de dizer que o Adwords é a melhor coisa que aconteceu desde a invenção da manteiga de amendoin, é preciso salientar que esta é apenas uma das ferramentas que ao nosso dispôr. Não aconselhamos o uso exclusivo do Adwords como única forma de comercializar um negócio ou um projeto da mesma forma que uma cadeira não se apoia numa perna, nem em duas, mas em três e em quatro já se consegue apoiar por ela própria.

De facto, obter visitantes através dos resultados naturais, vindos de esforços de SEO (Search Engine Optimization), é em teoria mais vantajoso porque estamos a receber visitantes sem estarmos dependentes de anúncios. O Adwords deve servir como um complemento para a sua estratégia geral de marketing, juntamente com outros métodos como facebook marketing, email marketing e outras formas de angariação de potenciais clientes. A forma como você irá distribuir o seu orçamento para marketing irá depender em que canais se irão tornar mais eficientes para o seu negócio.

Mas se você nunca usou, ou pouco uso o Google Adwords, e está a pensar se vale ou não a pena para si, então este artigo é para si. Eis 10 razões de porquê usar o Adwords.

1. O Adwords é ampliável

Um dos maiores obstáculos para um empresário ou alguém no marketing é encontrar fontes de potenciais clientes que sejam ampliáveis, ou extensíveis, ou seja, que não requerem 4 vezes mais esforços para ter 4 vezes mais [tooltip title=”leads”]uma lead é um pedido de contacto, ou um pedido de orçamento – é um potencial cliente[/tooltip]. Se você criar uma camapanha Adwords que está a converter a um rácio lucrativo para si, então em teoria não há razão para impôr um limite no gasto da sua campanha. Você até pode é aumentar o seu orçamento PPC (pay-per-click) e as suas leads e lucros irão aumentar em proporção. Isto faz com que o Adwords seja bastante eficiente para negócios que precisam de muitas leads mas têm pouco tempo e recursos.

2. O Adwords é quantificável

Gráfico a ir para cima (com cartoon)

Comparado com canais de marketing tradicional como a TV ou as revistas, o marketing online é altamente quantificável, ou mensurável, e o Adwords é certamente um dos canais online mais quantificáveis de todos. É difícil de certa forma medir exatamente os esforços de SEO porque nem sempre conseguimos saber que tipo de ações é que levaram ao aumento ou diminuição das posições nos motores de busca. E há também o problema do “not provided” de palavras-chave que não aparecem no Google Analytics (que podem ser minimizadas com o Google Webmaster Tools mas isso é outra história), que é uma grande chatice para profissionais de marketing de busca, ou search marketing. As redes sociais podem ser igualmente difíceis de medir. O Adwords, por seu lado, é mais transparente já que fornece uma série de métricos que lhe permite a si ver as coisas a nível muito detalhado sobre o que funciona e o que é que não funciona. Assim você pode facilmente determinar se as suas campanhas estão ou não a ter o retorno esperado.

3. O Adwords é flexível

O Adwords tem várias opções para que possamos personalizar as suas campanhas e anúncios de acordo com as suas necessidades para mais facilmente segmentar o público-alvo que quer alcançar. Por exemplo, com o Adwords é possível:

  • Especificar correspondências de palavras-chave. Podemos mostrar o anúncio a pessoas que pesquisam por uma palavra-chave exata, como “restaurante lisboa” – filtrando assim o tráfego de termos gerais relacionados só com restaurantes ou só com Lisboa.
  • Adwords é flexível

  • As extensões de anúncios. Estas são usadas para mostrar imagens do produto, um n.º de telefone, links relevantes para o seu website, a sua localização física, e ainda a possibilidade de angariar uma morade de email do utilizador diretamente a partir do anúncio.
  • Segmente o seu público-alvo. Restrinja o seu púnlico por localização, altura do dia, linguagem, tipo de browser ou aparelho e outros. Em contraste com os visitantes vindos do SEO, o Adwords pode ser mais específico porque com SEO podemos vir a ter visitantes da Nicarágua ou da Suécia, o que, se o nosso mercado for apenas em território nacional, se tornam leads inúteis.
  • Alcançar as pessoas mesmo quando não estão a pesquisar. É possível alcançar pessoas quando elas estão no Gmail ou youtube e em sites de parceiros Google (olx, iol, etc).
  • Fazer uso da rede de display (exibição), que é bom para criar perceção da marca e por vezes pode converter os utilizadores a um custo mais baixo do que a pesquisa no Google.
  • 4. O Adwords é mais rápido que o SEO

    Para novas empresas e novos websites, pode levar meses até ver resultados de SEO (Search Engine Optimization). Normalmente as pessoas pensam que isto é o efeito da “Google sandbox” (caixa de areia), mas é mais provável que seja pelo simples facto de que a concorrência é feroz e que leva tempo para que um website se consiga provar aos olhos do google a nível de conteúdo, autoridade, e links.

    O Adwords é uma boa forma de contornar este problema para novos negócios porque não é necessário esperar esperar para ver resultados. Enquanto você trabalha no SEO do seu website (ou dá essa responsabilidade a uma agência que sabe o que está a fazer), você pode colocar os seus investimentos em campanhas de Adwords e começar a ter visualizações e cliques imediatamente. Porque o processo é rápido, é também uma boa maneira de testar a viabilidade dum serviço ou produto, dado uma certa palavra-chave e um certo público-alvo eventualmente valerão a pena desenvolver uma estratégia de resultados orgânicos a nível de SEO. Se a campanha converter bem em Adwords, temos a prova que valerá a pena tentar posicionar bem o website nos resultados orgânicos/naturais a nível de SEO e começar a construir conteúdo nessa área.

    Como bónus, é possível começar no Adwords com um investimento relativamente baixo, nós como somos uma agência digital e estamos inseridos no programa do Google para agências, disponibilizamos cupões Adwords de €60 para os nossos clientes, o que é um bom ponto de partida para fazer algumas experiências.

    5. O Adwords pode ser mais fácil que o SEO

    A DesignPT, como agência digital, presta serviços na área dos Links Patrocinados (Adwords) e Otimização de Motores de Busca (SEO). Por experiência própria, as campanhas de Adwords podem vir a ser menos complexas do que SEO devido à maior capacidade de analisar os métricos e estatísticas envolvidas.

    O Adwords é possivelmente mais fácil de aprender. Mais fácil de fazer, mas muito difícil de dominar. Os nossos clientes gastam esbanjam muito mais dinheiro em visitantes que não se convertem antes de começarem a trabalhar connosco.

    6. O Adwords está a dominar os motores de busca

    O Adwords é o bébé do Google, e com razão, porque traduz-se em 90 a 95% dos ganhos que o Google ganha, e é uma empresa multi-bilionária. Ao longo do tempo, os resultados nos motores de busca têm mudado e têm colocado os anúncios do Adwords em locais cada vez mais visíveis e a fazer uso do espaço. Isto pode ser algo frustrante tanto para as agências que fazem SEO como para os utilizadores. Ao interagir com PPC, isto até são boas notícias, porque é uma oportunidade para colocar a sua mensagem bem visíveis e no alto dos motores de busca.

    Há quem diga que os anúncios do Adwords não são clicados, porque são anúncios, mas isto não é de todo verdade. Há muitas utilizadores que clicam em anúncios, caso contrário não havia clientes a pagarem-nos para gerirmos as contas e trazermos-lhes receitas.

    Estatísticas de cliques google adwords

    Estatística de utilização

    7. Formatos do Adwords podem ser mais envolventes do que os resultados orgânicos

    O Google disponibiliza vários formatos de anúncios, como listagens dos produtos, vários formatos de anúncios de imagens e anúncios de vídeos no youtube. Isto é de interesse para o google porque quantos mais cliques os utilizadores fizerem, mais relevante é a experiência para o utilizador, e melhor é também para o Google e para o anunciante.

    8. O tráfego do Adwords pode converter melhor do que os resultados naturais

    Em muitas indústrias o tráfego pago (Adwords) converte melhor do que o tráfego orgânico (SEO). Isto pode não ser verdade para o seu negócio, mas você não sabe até experimentar. Isto resultado do facto de que o tráfego pago dos motores de busca é mais segmentado e qualifica melhor as pessoas, devido justamente às opções de segmentação que temos disponíveis no Adwords, e de que temos a atenção do utilizador a nível de interesse comercial, ao invés de apenas informacional.

    9. O Adwords é um bom complemento para outros canais de marketing

    O Adwords serve como um bom complemento para outros canais de marketing. O Remarketing pode ser uma forma particularmente poderosa de usar o Adwords para alcançar as pessoas que mostraram um interesse no seu negócio. Basicamente o remarketing é anunciar para pessoas que já estiveram no seu website mas não compraram – temos assim a oportunidade de as “lembrar” para voltarem ao nosso website, pessoas estas que podem ter vindo de vários sítios (blog, facebook, outro website) que não necessariamente dos motores de busca.

    O Remarketing pode ser ainda usado para mostrar o tipo de produto ou serviço que o utilizador visualizou no website, ou um produto que possa ter adicionado ao carrinho mais mais tarde abandonado. Com o Remarketing temos a oportunidade de mostrar a nossa marca e re-lembrar a nossa existência ao utilizador mesmo depois de ele ter abandonado o nosso website, além de que este canal de marketing tem um retorno potencial muito elevado.

    10. Os seus concorrentes estão a usar o Adwords

    Estudos mostram que a pesquisa paga aumentou 32% no segundo semestre de 2012.

    Faça pesquisas com palavras de que se interesse. A sua concorrência está muito provavelmente os resultados patrocinados no topo dos motores de busca. E você, consegue-se de dar ao luxo de não estar lá com eles?

    Adaptado de: http://www.wordstream.com/blog/ws/2012/12/03/why-use-adwords

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment