Vantagens do email marketing

O email marketing é uma boa forma de aumentar as vendas online duma empresa e melhorar o relacionamento com atuais e potenciais clientes. Ter uma lista de email marketing ativa dá-lhe a capacidade de fazer um acompanhamento com os seus clientes que não compraram ou não têm comprado de si, assim como a hipótese de enviar ofertas segmentadas a compradores antigos.

Apesar disso, nem todas as mensagens de email marketing das Pequenas Empresas são criadas de igual forma. Enquanto que o básico do email marketing é relativamente fácil de entender, você vai querer prestar atenção e manter um olho para os seguintes erros nas suas campanhas promocionais.

Erro 1: Não usar um fornecedor de email marketing

O conceito do email marketing é simples: coleciona-se emails dos utilizadores, escreve-se uma mensagem e envia-se para os recipientes.

No entanto, no que toca a enviar mensagens, a última coisa que queremos é usar a sua conta do Hotmail ou do Gmail. Em vez disso, subscreva-se para um programa de email marketing como o Aweber ou o MailChimp ou de preferência a E-goi, que é totalmente em Português. Estas empresas têm planos gratuitos (o Aweber tem um trial pago) com subscrições pagas conforme a necessidade e o número de subscritores. Estes serviços têm templates de mensagens e estatísticas de contas, e as parcerias que têm com fornecedores de serviços de email garantem que as suas mensagens serão entregues, e não presas na pasta spam do destinatário.

Erro 2: Enviar emails sem permissão

Depois que o seu fornecedor de email marketing estiver devidamente configurado, você poderá agora fazer fazer com que as suas listas de email sejam de entrada única ou de dupla entrada. Entrada única significa que o visitante submete a sua informação de contacto na sua lista de maneira a receber as suas mensagens, enquanto que de dupla entrada requer que os potenciais leitores tenham um passo adicional e tenham de ir confirmar a entrada do registo deles por via dum email que lhes foi enviado.

Dupla entrada é normalmente considerada como a ideal, porque combate a taxa de queixas relativamente ao spam, embora tenha a contra-partida de ocorrer uma caída ligeira na taxa de subscrições do seu email quando comparada com listas de entrada simples.

Ambas as técnicas têm o seu lugar no mundo do email marketing, aqui o que é importante é que estejamos a pedir permissão aos nossos futuros destinatários para receber mensagens nossas e do nosso negócio, isto porque enviar mensagens sem ter a permissão das pessoas é uma ótima forma de termos a nossa conta banida devido às queixas do ato do CAN-SPAM (e não se deve brincar com isto).

Erro 3: Escrever maus títulos

No email marketing, o título é tudo. Ou quase tudo. O título tem de ser claro e conciso de forma a sobressair-se de todos os outros emails que as pessoas recebem diariamente.

Se desconfia que está a ter uma taxa fraca de aberturas de email devido a títulos fracos e pobres, há certas técnicas que pode seguir até ter uma idiea para o tipo de título e mensagem para as quais o seu público-alvo responde melhor. Eis alguns links que o poderão ajudar:

Erro 4: Escrever mensagens de email desinteressantes

Não é só o título que tem de ser atraente, o conteúdo da sua mensagem no email enviado tem de ser interessante também.

Hoje em dias as pessoas são muito protetivas das suas caixas de entrada. Se as suas mensagens de email não são imediatamente entendidas como tendo ou oferecendo algum tipo de valor ou ajuda, os leitores não vão ter problemas nenhuns em se remover da sua lista.

Para saber se as suas mensagens são ou não apelativas, pense como se estivesse no lugar dos seus leitores, se vocês estaria entusiasmado em receber aquele email na sua caixa de entrada. Se nada do seu email lhe incentiva nesse sentido, então a sua mensagem provavelmente irá falhar com o seu público-alvo também.

Mas atenção, você mesmo não pode nem deverá ser o único juiz da qualidade da sua mensagem porque é apenas a perceção dum indivíduo, e as pessoas na sua lista terão vários interesses e pontos de vista diferentes. É necessário dar sempre uma olhada nas estatísticas (que serão fornecidas pelo seu prestador de email marketing), para saber que mensagens têm sido abertas e que emails têm sido acedidos mais frequentemente. Isto deverá-lhe dar uma ideia do tipo de tópico e mensagem que o seu público acha mais apelativo.

Erro 5: Ignorar a sua pontuação de spam

Enquanto estiver a escrever as suas mensagens, preste atenção à pontuação de spam relatava pelo seu fornecedore de email enquanto prepara o conteúdo dos mesmos. Quase todos os prestadores de serviços de listas de email têm este componente, que pontua as suas mensagens baseado em coisas como o uso excessivo de links, palavras típicas de vendas (compre agora, grátis) e outros elementos que são normalmente usados em emails de spam por spammers.

Se o conteúdo da sua mensagem for bom, é provável que nunca venha a ter problemas com a pontuação de spam. No entanto, porque uma pontuação alta pode ser desencadeada por certas combinações de elementos na mensagem, e também porque as pontuações de spam que são muito altas podem prevenir que as suas mensagens sejam entregues corretamente pela maior parte dos fornecedores de email, é importante verificar este métrico antes de enviar as suas mensagens.

Erro 6: Enviar mensagens irregularmente

Embora não haja dúvida que o email marketing é uma grande ferramenta para pequenas e médias empresas, também é verdade que este tipo de marketing é muitas vezes lançado para segundo plano numa lista de afazeres do típico empresário, e acaba por ser um coisa pontual.

É necessário enviar mensagens freequentemente. Ao contactarmos frequentemente com a nossa lista, eles ficam habituados a receber coisas nossas em certos intervalos e ficam habituados à nossa marca, à nossa empresa, ao nosso nome.

Se os seus subscritores tiverem-se subscrito à sua lista mas depois só ouvem falar de si passados vários meses, altura na qual você decide finalmente abrir tempo na sua agenda para tratar deste problema e despachar “isto do email marketing”. Por esta altura já os seus leitores (e suas leads) arrefereceram às promoções da sua empresa, isto é, partindo do princípio que eles sequer se lembram de quem você é e que eles alguma vez se subscreveram à sua lista. O resultado é uma taxa de sucesso baixa dos seus esforços promocionais do que se tivesse tomado o seu tempo para criar relações genuínas com os seus leitores da sua lista em primeiro lugar.

Erro 7: Não prestar atenção às estatísticas do email marketing

No que toca ao sucesso no email marketing para pequenos empresários, é importante que preste atenção às estatísticas de email do seu prestador de serviços. É necessário perder ali algum tempo a dar uma olhada aos números e às estatísticas para poder tomar decisões que vão no rumo certo de campanhas futuras – e bem sucedidas – de email marketing.

É preciso analisar os dados, e não adivinhar. Nunca investir sem medir é esse o lema na nossa agência.

Nunca investir sem medir.
– DesignPT

Através das estatísticas podemos ver a taxa de abertura das pessoas que abriram os seus emails, mas que não compraram nada, por exemplo. Ao usar estas ferramentas disponibilizadas pelo seu prestador de email marketing, é possível colocar estes leitores em segmentos da sua lista de forma a enviar promoções para cada um dos segmentos baseados na história de interação deles com o website, e caso eles tenham ou não comprado.

Não é preciso ser um especialista em email marketing para tirar partido dos benefícios que enviar emails para os seus clientes e potenciais clientes lhe darão, mas usar algum do seu tempo para aprender algumas destas técnicas mais avançadas irá ajudá-lo, e bastante, de encontro ao sucesso do email marketing do seu negócio.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4778

3 comentários

  1. Olá João. Tenho acompanhado o seu excelente trabalho e as boas dicas que partilha com os artigos. Mas desta vez tenho de comentar que não concordo com algumas coisas que refere neste post.
    As 3 plataformas de email marketing que refere, de facto na minha opinião provavelmente são as mais conhecidas e eu testei as 3. Deixe-me dizer que a Aweber não é gratuita, é necessário pagar 1dólar para poder utilizar apenas durante 1 mês depois disso tem de pagar um plano.

    No MailChimp é gratuito até 2000 subscritores mas é limitado em termos de funcionalidade.

    Em relação à E-Goi que é a plataforma que estou a utilizar actualmente e estou a migrar todos os meus contactos para lá tem uma conta totalmente gratuita e totalmente funcional a 500 subscritores. A E-goi além de ser Portuguesa tem muitas funcionalidades avançadas que os outros não têm.

    Outra questão do ponto 2, não é necessário instalar nada porque funciona totalmente online.

    Por isso, devido à minha experiência na utilização destas 3 ferramentas eu recomendo a E-Goi, sem dúvida a minha melhor escolha!

    João, continuação de um excelente trabalho!

    Abraços.

    • Olá Miguel, obrigado pelo teu comentário – se não te importares que te trate por tu.

      Fico muito feliz por saber que estou a ser acompanhado 🙂

      Obrigado pelo teu comentário, tenho a oportunidade de ver o teu website através do teu email em http://www.maiswebmarketing.com, que devo acrescentar, é interessante, parece ter muito conteúdo, e ainda mais está devidamente organizado (e tens bom tráfego).

      A palavra instalado não foi a melhor escolha de expressão, concordo, é num sentido de ter tudo configurado.

      Outro ponto que concordo contigo é, quando possível, escolher uma solução Portuguesa, conquanto que isso vá ao encontro dos objetivos e capacidades – nossas ou do cliente, e neste caso, fico feliz em saber, que de acordo com a tua experiência com o Egoi (no qual também tenho uma conta), é a melhor solução das três.

  2. Miguel, João,

    Primeiro, parabéns pelos comentários de ambos. De facto o emailmarketing é um canal de marketing que muitas empresas (em particular as pequenas) não utilizam e é dos canais de mais directos. Hoje em dia, o número de emails enviados é absolutamente espantoso. A empresa radicati http://www.radicati.com elabora todos os anos relatórios sobre o número de contas e envios de emails. Divide ainda esse mesmo número entre contas “consumidores” e contas “corporate.

    Convido-vos também a experimentar a plataforma de emailmarketing da emailmanger http://www.emailmanager.com/pt que também têm a opção do idioma português e online.

    Um abraço para os dois

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment