Imagem de jovem com portátil e ícones

Existe alguma confusão sobre as diferenças nas áreas do marketing digital e web marketing, mesmo entre profissionais a atuar na indústria.

Para isso, vou desmistificar as diferenças e explicar como social media marketing não é igual a content marketing nem é igual a SEO.

[bctt tweet=”Social media marketing não é igual a content marketing nem é igual a SEO.”]

Por vezes até os supostos profissionais que trabalham na área do marketing online não sabem estas diferenças, e outros sabem-no mas confundem-nas de propósito, de forma a passar a perna aos clientes com linguagem técnica que soa a “marketeirismos”.

Enquanto que estas três áreas estão relacionadas, elas não são iguais.

Vamos começar com social media marketing.

1. O que é social media marketing?

Social media marketing, ou em Português, marketing nas redes sociais, é a arte de entrar em conversações que se passam nas redes sociais para efeitos de marketing.

[bctt tweet=”Social media marketing é a arte de entrar em conversações que se passam nas redes sociais”]

Cada rede social tem as suas ferramentas concebidas para propósitos de marketing. Este é o caso do Facebook, que tem Fanpages que permitem às empresas ter a sua presença e interagir com as pessoas via esta página. Podem colocar uma publicação (post) como um utilizador normal o faria e as pessoas podem gostar da página em si, ou dos posts.

Desta forma, empresas e marketers podem apresentar as suas mensagens na feed de notícias das pessoas, alcançando assim o seu público-alvo.

Por vezes os profissionais usam as suas próprias contas pessoais de redes sociais para criar uma audiência e chegar ao público-alvo pretendido para as suas empresas. Esta poderá ser uma estratégia viável se o profissional tiver uma boa marca pessoal e for um líder de opinião.

2. O que é o content marketing?

Content marketing, ou marketing de conteúdos, é a estratégia de marketing que usa conteúdo útil ou de entretenimento que é apelativo ao público-alvo, de forma a aumentar a perceção da marca.

O objetivo é agregar valor para com as pessoas e clientes, em vez de ser uma empresa chata que só quer empurrar os seus produtos e serviços.

Conteúdo no content marketing pode ser qualquer coisa, desde que faça sentido e apresente valor ao mercado. Consideramos conteúdo como artigos de blog, infográficos e vídeos. Posts nas redes sociais podem ser conteúdo, mas tome note que um tweet, por ter limite de caracteres (140), poderá não ser o melhor exemplo de bom conteúdo.

[bctt tweet=”Content marketing é criar e apresentar conteúdo útil que é interessante ao público-alvo”]

O conteúdo deve apresentar valor por si próprio, em vez de apenas apontar um link para outro sítio. Mesmo um tweet ou uma publicação no Facebook com um link para um artigo pode ter alguma frase que incentiva à leitura e agrega valor.

3. O que é o SEO?

SEO (search engine optimization), ou otimização para os motores de busca, é o processo que descreve a otimização dum website e o seu conteúdo, de forma a que receba mais tráfego (visitantes) dos resultados dos motores de busca. Eis como funciona isto.

[bctt tweet=”SEO é o processo de otimizar um website e seu conteúdo para receber mais tráfego dos motores de busca”]

Os motores de busca decidem como posicionar o conteúdo dum website baseado numa série de factores, entre eles a quantidade de links que outros websites que apontam para este, e a quantidade de palavras-chave e texto no website.

É possível melhorar o posicionamento dum website ao melhorar a densidade das palavras para certas palavras-chave (keyword) específicas, ao apresentar mais conteúdo com estas palavras e gerar links para o seu site.

O problema é que os links da sua página são também classificados e se você tem links de spam a apontar para si de websites inferiores, como portais e diretorias de artigos, ou pior, links que comprou ou alugou, vai descobrir que o Google os motores de busca o irão penalizar, e a sério.

Os motores de busca como o google estão à procura de conteúdo natural e perfis de links orgânicos. Isto quer dizer que os links devem ser criados por pessoas que acharam a sua página interessante o suficiente para apontar um link para o seu website.

De acordo com o Google, até o guest posting é considerado mau. “Guest posting” significa escrever um artigo para outro blog como autor convidado. Em troca dum artigo de qualidade que o autor convidado escreve para esse outro blog/website, ele recebe um link para o seu próprio website, que poderá estar no próprio corpo de texto do artigo ou na bio de rodapé do autor.

É contra as linhas de orientação do Google fazer isso atualmente. Apesar desta ser uma “área cinzenta”, não considero que seja uma tática maléfica, e encorajo as empresas a fazerem algum tipo de escrita convidada com outros websites, desde que relevantes, e com intenção de agregar valor ao público-alvo de ambos os websites.

Como estes 3 conceitos estão relacionados?

Sabendo as diferenças entre social media marketing, content marketing e SEO, vamos perceber como é que eles estão relacionados.

É aqui que as coisas se tornam interessantes, pois o relacionamento entre eles pode parecer óbvio, mas tem algumas particularidades.

Os social media (redes sociais) permitiram-nos encontrar e consumir muito mais conteúdo do que anteriormente era possível. Os blogs e comunidade de bloggers que lêem e partilham artigos na web foi capacitada em grande parte ao partilhar o conteúdo destes com a ajuda das redes sociais.

Por sua vez, o content marketing já existia bem antes dos social media e mesmo antes da internet. Um exemplo de content marketing são as revistas que eram enviadas por correio para os clientes pelas empresas. A sua popularidade começou a desvanecer-se quando as empresas começaram a querer uma presença web, onde precisavam de apresentar conteúdo.

O SEO foi a principal técnica de gerar clientes e consumidores de conteúdo antes da revolução dos social media.

[bctt tweet=”O SEO foi a principal técnica de gerar consumidores de conteúdo antes da revolução dos social media.”]

Nos dias primórdios do SEO era bastante fácil fazer isto, já que as coisas funcionavam mais à base do conteúdo apresentado nos resultados de pesquisa dos motores de busca. Mas eis que chegou o Google, e deu uma reviravolta na indústria e tornou as coisas complicadas. Atualmente o SEO é uma indústria lucrativa que gera biliões de dólares por todo o mundo, direta ou indiretamente.

Exemplo concreto

Vamos supor que estou a trabalhar com uma empresa que tem um website. Para efeitos de SEO, proponho iniciar um blog, que permite apresentar artigos para o público-alvo do meu cliente.

Isto resultará num aumento de conteúdo do website, sendo que o objetivo é gerar mais tráfego, e eventualmente mais leads.

O conteúdo no blog necessita, como mínimo, estar otimizado a nível de palavras chave, mas também ser útil para os leitores.

Há uma frase que partilho com as marcas com as quais colabora, que é escrever para as pessoas, e não para os motores de busca. Quando em dúvida, as pessoas são mais importantes, pois são elas que prestarão atenção ao conteúdo e acharão que este tem valor.

[bctt tweet=”Escreve para as pessoas, não escrevas para os motores de busca.”]

Ok, sabemos que o conteúdo tem de ser útil para os leitores. Portanto começamos a partilhar o conteúdo nas plataformas das redes sociais (social media), talvez criando uma fanpage no Facebook, um perfil twitter e outro no LinkedIn, ou até no Pinterest e Instagram. E começamos assim a preencher conteúdo nessas contas.

E de repente a empresa está envolvida em todas estas três estratégias, enquanto que a única coisa que o cliente queria era “um bocadinho de SEO”.

Isto mostra como o relacionamento entre social media marketing, content marketing e seo estão intimamente ligados no marketing online e no mundo digital.

Na sua empresa, como são estas atividades geridas? Como é que está a usar estes 3 conceitos para gerar mais leads e ter mais faturação?

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.