A sua marca relaciona-se com clientes existentes da mesma forma que se relaciona com novas leads que entram no seu funil de vendas? Provavelmente não. Sabe que eles têm necessidades diferentes, questões diferentes, e aspirações diferentes para o tipo de relacionamento que têm consigo.

E apesar disso, o que é que a maioria das empresas fazem? Despejam conteúdo da mesma maneira nas feeds do Facebook, Twitter e Instagram para os seus seguidores, independentemente do tipo de relacionamento que têm com eles. Você também é culpado(a) de fazer isto?

Só há uma rede social que permite relacionar-se com o seu mercado de formas diferentes, o Google+.

Círculo
Com os círculos, o Google+ permite às marcas agrupar os clientes e potenciais clientes de formas que têm significado para a marca e para controlar o conteúdo que é partilhado com os membros de cada círculo.

Segmentar as pessoas em categorias (círculos) em vez de tratar todos os prospetos e clientes da mesma forma, aumenta o valor que lhes estamos a dar. Contraste isso com despejar informação igual para todos, que é o que acontece nas outras redes sociais. Os clientes e prospetos reconhecem a diferença instantâneamente.

Dinâmico do envolvimento
O envolvimento com o consumidor não é apenas empurrar ou puxar, é uma via de dois sentidos. Sem uma dinâmica de dois sentidos não existe uma relação, é como a comunicação. O valor da dinâmica do envolvimento é que representa um investimento numa relação de ambas as partes.

Esforço, atenção e tempo são recursos importantes. Quando se aposta nestes recursos, as relações progridem, e ao longo do tempo, a confiança, respeito e lealdade para com a sua marca são o resultado natural deste esforço.

Quando o envolvimento acontece de forma público como acontece no Google+, os outros percebem o investimento feito de ambas as partes e isto faz ondas na comunidade online. As pessoas vêem a sua marca a responder a questões, a agregar valor, a responder a necssidades, e querem também fazer parte disso. Esta dinâmica de envolvimento social permite às marcas agregar e capturar valor.

O objetivo final duma empresa/marca é vendas, facturar, gerar lucro. É aqui que as marcas têm de ser criativas. Cada segmento de clientes será ligeiramente diferente em termos das suas necessidades e conversações que têm de ocorrer. Para levar os prospetos pelo funil, as marcas têm de controlar as conversões através da diferenciação e ao agregar valor.

Para além dos Likes e +1s
Enquanto que o Google+ permite às marcas fazer o seu marketing nas redes sociais melhor que outras redes sociais, o Google+ pode parecer superficial tal como qualquer outra plataforma social. Ainda não há maneira de conseguir perceber a sério a intenção por trás dum Like ou dum +1.

Uma das verdadeiras proposições de valor para as marcas no Google+ é a importância que o Google+ está integrado com a Pesquisa Google e o impacto positivo que isto pode ser no posicionamento SEO. No que toca a isto, o Google+ eleva-se acima das outras redes sociais. O impacto no posicionamento da pesquisa é em duas frentes, causa impacto e é importante para as marcas.

A melhoria do posicionamento de pesquisa nos resultados pode fazer a diferença se um novo prospeto chega ao seu site antes de chegar ao site da concorrência, ou se não chega de todo à concorrência porque o seu conteúdo é melhor do que o deles.

O outro benefício, especialmente para pequenas e médias empresas, é a visibilidade (ou falta dela) a nível de pesquisa local (ex.: hotéis lisboa). Ao registar o seu negócio como página no Google+ e corresponder isso à sua morada no Google Maps, a sua marca tem mais tendência para aparecer nos resultados de pesquisa que tenha um contexto local. Por exemplo, a sua marca pode ser uma empresa de consultoria internacional, mas alguém que esteja à procura de empresas de consultoria na “SuaCidade”, a sua marca irá ter posicionamento preferido nos resultados de pesquisa face outras empresas de consultoria que não estejam no Google+.

Conclusão
Estas são apenas algumas das maneiras nas quais o Google+ é o sítio onde as marcas B2B devem apostar. A maioria das pessoas parece não saber que o Google plus é a segunda maior rede social na internet, apenas atrás do Facebook. Mas devido à sua integração com tantos dos outros produtos do Google, é mais do que apenas uma plataforma social. Além do mais, o “social” pode ser melhor trabalhado nesta rede, especialmente para as marcas.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.