Guia leigos: desempenho website

O desempenho dum website impacta as suas conversões e faturação, é a diferença entre uma boa ou má perceção da marca e compradores repetentes, além de aumentar o tráfego web e dar uma boa experiência aos visitantes.

Mas o que é o desempenho dum site? E porque é importante?

Neste artigo vai saber o que é o desempenho da maneira que se relaciona com o seu site, e a importância deste na velocidade e experiência que o site dá ao visitante.

Aprender esta informação e aplicar estas estratégias no seu website é vital para ter sucesso online, porque a internet não é um daqueles meios em que “devagarinho se vai ao longe”.

O que é o desempenho dum site?

O desempenho dum website é a velocidade que cada página do site demora a carregar no browser do utilizador.

Isto significa que um site com alto desempenho é aquele que carrega rapidamente, para que um visitante possa começar a ver o conteúdo e interagir com o site.

O desempenho dum site tem sido uma causa de preocupação porque as páginas web atualmente têm imagens grandes, não otimizadas, e por vezes o próprio código do site está mal concebido. A juntar a isso temos ainda a qualidade do servidor em que está alojado o site, que também influencia.

Antigamente os websites eram pequenos (o meu primeiro website cabia numa disquete) porque o acesso à internet ainda não era rápido o suficiente, nem tão pouco as redes wireless, que vieram mais tarde.

Ao contrário do que se possa pensar, as redes 4G ainda não são a norma, as redes 3G é que são as mais usadas atualmente. Portanto ainda existe um limite em quão depressa os dados podem ser transmitidos, e por isso, se colocar conteúdo pesado (em megabytes) nas suas páginas web, então qualquer pessoa que vá ao seu website irá passar por um carregamento lento do site.

Se o seu website não carrega rapidamente, então está a fazer com que um potencial cliente, cuja atenção já é pouca, a investir o tempo dele para esperar que o seu site apareça. Estatísticas mostram que as pessoas não querem esperar.

Sabia que 20% das pessoas que surfam na web abandonam um site que leva mais que 3 segundos a carregar, e que a nível de ecommerce, 40% também abandona ao fim desses 3 segundos?

É caso para pensar. Quer otimizar o seu website para carregar depressa ou quer perder clientes?

Além de perder tráfego (visitantes) no seu site, está também a perder credibilidade enquanto marca ao não estar a pensar no tempo valioso dos seus visitantes. 35% das pessoas afirmam que têm uma opinião negativa duma marca se o site da empresa não carrega depressa.

A homepage não é o único sítio que tem de ser rápido. Se um visitante aterra numa landing page sua vinda duma campanha de anúncios, então está a perder dinheiro, porque está a investir para levar as pessoas para uma página que demora mais tempo do que necessário a carregar, prejudicando as suas conversões (venda ou captação de leads).

Para evitar perder dinheiro e começar a tomar os primeiros passos a melhorar o seu website, saiba primeiro quão rápido ou quão lento o seu site é atualmente.

3 métricas importantes

Há várias coisas que ocorrem quando um utilizador entra no seu site e ele está a carregar, portanto medir o desempenho pode ser complicado.

Há várias ferramentas online, simples, em que pode colocar o seu endereço web e que lhe dá uma pontuação, mas por vezes esses benchmarks de desempenho não são fiáveis porque dependem do código em que essas apps/websites foram criadas, e depende também dos servidores usados que acedem ao seu site para lhe dar essa pontuação.

Existem 3 métricas ótimas para medir o desempenho:

  1. Tempo para o primeiro byte
  2. Peso da página
  3. Desempenho percebido

1. Tempo para o primeiro byte

Quando um utilizador escreve o endereço web do seu site no computador ou smartphone deles, o browser envia um sinal para o servidor e pede os dados do website.

O tempo para o primeiro byte refere-se à quantidade de tempo que leva para o servidor de alojamento enviar o primeiro byte de informação para o dispositivo que o utilizador está a usar.

2. Peso da página

Após o servidor de alojamento contactar o dispositivo, a informação do website começa a ser descarregada.

Toda a informação, imagens, texto, código, e vídeos, têm de ser transferidas para o dispositivo. Quanto mais informação e dados existirem para transferir, mais será o peso da página.

O peso ideal duma página anda por volta dos 1000kb (1MB).

3. Desempenho percebido

Quanto mais pesada for uma página (isto também depende da velocidade de ligação à internet), mais tempo irá levar para a página carregar.

Mas nem todos os elementos na página têm de carregar para que o website apareça. O ideal é que o conteúdo above the fold (parte visível do ecrã sem fazer scroll) seja visível para que o visitante comece a interagir com o site enquanto os outros elementos estão a carregar.

O utilizador por sua vez parte do princípio que o site já carregou na sua totalidade, mesmo que só o conteúdo above the fold esteja visível. Portanto o desempenho percebido refere-se ao ponto a partir do qual todos os elementos do site above the fold carregam visualmente.

Um bom carregamento dos elementos above the fold são 2 segundos.

O desempenho percebido é o único fator de desempenho na web que é visível para alguém que visita o seu site. Os primeiros dois fatores anteriores (tempo do primeiro byte e peso da página) são fatores que apenas o seu serviço de analítica (ou developer) lhe conseguem dizer. Mas se alguém que escreve o seu endereço web e tem de esperar 10 segundos para começar a interagir com o seu site, isso é um problema bem grave que eles irão notar.

Fatores que afetam o desempenho

Tamanho das imagens e ficheiros

O tamanho das imagens e dos ficheiros afeta as métricas anteriores do Peso de Página e Desempenho Percebido.

De todos os elementos que podem afetar o tempo de carregamento, este é um dos que mais afetam a velocidade dos sites.

Como costuma carregar as suas imagens para o seu site? Se não otimiza as imagens como deveria, provavelmente está a carregar imagens com tamanhos de 500KB ou 1MB (1000KB). Só isso já é cerca de metade do peso de página máximo recomendado.

Código

O código afeta o Tempo do Primeiro Byte e o Desempenho Percebido.

O código do seu site é transferido do servidor para o dispositivo do visitante. Os elementos do código têm diferentes tamanhos e podem levar tempos diferentes para carregar.

Sabe se o seu site foi programado para que o código proporcione ao visitante a possibilidade de ver uma parte do seu site o mais rapidamente possível (exemplo do above the fold que mencionámos anteriormente).

Compressão e cache

A compressão e a cache afetam o Tempo do Primeiro Byte e o Desempenho Percebido.

A cache é importante, especialmente se quer que os seus visitantes voltem para o seu site. Ao usar compressão e cache vai dar ao seu site a capacidade de carregar mais depressa da segunda vez.

Assim o browser não tem de transferir tanta informação e o desempenho percebido do site permanece elevado.

Estratégias para melhorar desempenho

Eis boas práticas para ter um bom desempenho no seu site.

  • Otimize imagens para boa qualidade e baixo peso de ficheiro. Existem vários formatos nos quais pode gravar imagens, aconselho JPG para imagens que contenham algum elemento fotográfico, e PNG para tudo o resto. Ao gravar JPEG, grave como “Progressive” e não como “Baseline”. Isto significa que o browser irá carregar primeiro uma versão de baixa qualidade da imagem, e depois adiciona, progressivamente, detalhe à imagem à medida que a página carrega melhor. Isto é útil para o desempenho percebido do site, especialmente quando a imagem é pequena, porque um utilizador provavelmente não vai notar a baixa qualidade inicial da imagem num smartphone, mas iriam notar de certeza se a imagem lá não estivesse.
  • Comprima o seu código e use a cache. Comprimir ficheiros de código em “minify” pode não parecer poupar muito tamanho de ficheiro, mas quando multiplicado por vários ficheiros, a melhoria que trará para o desempenho irá fazer-se notar.
  • Defina um orçamento de desempenho para o seu site. Estas táticas podem parecer simples, mas podem envolver mais trabalho do que pensa. Ter uma página com muitos conteúdos e conseguir que fique com menos do que 2000kB de peso pode não ser fácil de fazer. Lembre-se que um aumento no desempenho irá resultar num aumento na retenção de tráfego (tempo na página) e conversões (contactos ou vendas).
  • Crie as suas próprias métricas para o desempenho do seu site. Viu aqui três métricas importantes para todo o tipo de websites, mas também convém lembrar que o seu site (e negócio) têm objetivos únicos a conquistar. Sabia por exemplo que a equipa do Twitter criou o “Tempo para o Primeiro Tweet”, porque o objetivo do Twitter é que as pessoas comecem a ler os tweets quando lá aterram.

Se não tem o tempo, paciência ou equipa para analisar e resolver estes passos essenciais dum bom desempenho, peça a consultoria da nossa agência e faremos uma análise do seu site, mostrar algumas oportunidades de melhoria para ter mais tráfego e conversões, e algumas recomendações estratégias para ter um website que converta mais e melhor. Podemos adicionalmente implementar estas recomendações por si. Contacte-nos e peça um relatório de desempenho.

Dar prioridade ao seu website, dará também uma melhor experiência às pessoas que visitam o seu site, gerando mais leads e vendas a longo prazo.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4778

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment