Landing pages - causas e soluções

Alguém que visita um website normalmente está à procura de alguma coisa: um produto, serviço, ou entretenimento.

As pessoas podem estar ou não interessadas na página que estão a ver, e podem abandonar a página devido a alguns fatores, tais como o tempo de carregamento da página, não encontrarem a resposta ou solução para a sua pergunta ou problema, ou simplesmente falta de interesse.

Se o visitante sair daquela página sem ter feito uma compra/contacto e não tivermos ficado com os dados dele, então é provável que nunca mais o vejamos e que não tenhamos oportunidade de o voltar a contactar.

É nas landing pages (páginas de destino) que se torna vital conseguir a atenção do utilizador, para que consigamos fazer com que ele se converta, através duma compra dum produto ou serviço, ou duma inscrição numa newsletter ou formulário de captura de dados (nome, email).

Para isso, veja as causas do porquê das suas landing pages não converterem e como resolver.

Causa #1: Confusão

Exemplos de coisas confusas para o utilizador são formulários difíceis de encontrar e páginas com copy (texto) que não é claro ou com jargão técnico.

Quando uma pessoa acha a sua página confusa, ela não se converte. Abandona a página e vai-se embora, porque uma pessoa confusa é uma pessoa que não compra.

[bctt tweet =”Uma pessoa confusa é uma pessoa que não compra”]

Solução #1: Como eliminar a confusão?

Eliminamos confusão com claridade. Para isso, siga estes passos para que os seus visitantes percebam claramente a sua mensagem.

  1. Escreva títulos simples e claros. Uma proposição de valor é o que deve apresentar logo à pessoa que visita a sua página por via dum título claro e sucinto.
  2. Congruência de CTA (call-to-action) com landing page. Se na sua analítica nota que existe uma elevada taxa de ressalto (abandono) na sua landing page, então poderá haver uma incongruência entre a CTA e a landing page. O texto e imagem que usa na sua CTA deve estar alinhado com a sua landing page.
  3. Evite jargão e linguagem técnica. Use linguagem simples e evite jargão ou termos técnicos que confundem o leitor, como “implementação de gestão operacional em métodos de controlo ‘just in time'” pode parecer inteligente, mas fazem o leitor desligar-se da sua mensagem. Escreva algo simples e que se ligue emocionalmente ao leitor.

Causa #2: Distração

Não adicione muitos elementos na sua landing page. Coloque só aqueles que são necessários para o seu objetivo, que é uma conversão (compra ou inscrição).

Por vezes queremos ajudar as pessoas de tal maneira, que colocamos vários elementos numa página, mas quando existem muitos elementos/ofertas a competir pela atenção do utilizador, ele distrai-se e acaba por não tomar decisão nenhuma, abandonando a página.

Solução #2: Como eliminar a distração?

Eliminamos distração com foco. Foque-se na sua mensagem.

A sua página deve ser simples e ter apenas o que é essencial para a conversão. Não tenha medo de ter uma landing page longa, mas certifique-se que os elementos que lá estão vão ao encontro da conversão. Reveja cada secção da página e pergunte-se “isto é essencial estar aqui?”. Não conte as palavras, mas faça com que cada palavra conte.

[bctt tweet =”Não conte as palavras, mas faça com que cada palavra conte”]

Causa #3: Apatia

Queremos que as pessoas se envolvam connosco e com a nossa marca, mas para isso é preciso haver uma conexão. Se não houver interesse, as pessoas não interagem com a sua marca.

Suponha que uma pessoa aterra na sua landing page e a reação desta é de desinteresse. A pessoa não está curiosa nem intrigada, apenas apática. Um utilizador apático na sua landing page não tem um sentimento de urgência suficiente para comprar um produto ou preencher um formulário.

Solução #3: Como eliminar a apatia?

Eliminamos apatia com urgência. A experiência do utilizador na sua página deve suscitar nele algum tipo de emoção. Podemos transmitir um sentimento de urgência ao colocar menos opções e mais especificidade ao utilizador.

“Falar bem ou mal, o que interessa é falarem”.

A sua oferta não será para todos. Ela tem de ser específica, para um certo público-alvo, o que poderá interessar a uns e desinteressar a outros, mas o que interessa é que vá ao encontro do interesse das pessoas que são o seu tipo de cliente, não todas as pessoas.

Causa #4: Tédio

Uma pessoa entediada não se irá converter. Se não conseguimos manter a atenção das pessoas, também não lhes conseguimos incutir desejo na nossa oferta.

Pode ser complicado lidar com o tédio, especialmente naqueles mercados que não têm “sex appeal”. Uma empresa de contabilidade provavelmente não tem o mesmo sentimento “sexy” que tem uma empresa de gelados gourmet.

Solução #4: Como eliminar o tédio?

Eliminamos tédio com diversão. Transmita um pouco da sua personalidade ou cultura da empresa na mensagem que passar aos visitantes. Mesmo empresas consideradas aborrecidas podem transmitir o seu charme, tal como mostrar cenas nos bastidores, festas ou eventos, fotos dos colaboradores e ter uma linguagem na copy mais “terra-a-terra”, sem jargão.

Escreva a copy (texto) das suas landing pages com parágrafos curtos (não mais que 3 linhas), bons títulos e fazendo uso de listas & bullet points.

Causa #5: Objeções

Objeções são as razões pelas quais as pessoas hesitam na sua página. O utilizador pode nem sequer estar ciente a 100% do porquê ele estar hesitante, mas intuitivamente ele não se sente confiante em avançar.

Isto pode ser o resultado de alguma coisa na sua página que não bate certo na mente do visitante, por vezes poderão ser pequenos detalhes que estejam a causar isto.

Solução #5: Como eliminar objeções?

Eliminamos objeções com especificidade. Vamos dar ao utilizador aquilo que ele está à procura.

Use certos termos no texto da sua landing page que são específicos para a landing page, tais como “dicas, atalhos, templates, listas, guias”. Algo como “7 Segredos para ter o melhor Logótipo para o seu Negócio” é um título que chama a atenção dum público-alvo específico.

Além disto é necessário responder à pergunta que passa na mente de todo o visitante “e depois?”, ou seja, apresentar razões porque o visitante se deve converter na página, através de suscitar interesse, desejo e urgência.

Pode ainda apresentar “salvaguardas”, do género “cancele subscrição a qualquer altura, experimente antes de comprar, sem compromisso”, pois estes termos são como que uma rede de segurança para o acrobata que anda nas alturas se sentir mais confiante.

Causa #6: Desconfiança

Antigamente muitas pessoas desconfiavam da internet e não tinham confiança para fazerem compras por esse meio. Atualmente as mentalidades são outras, mas se as pessoas não confiam na sua marca, elas nunca irão comprar de si nem preencher os seus dados de contacto num formulário de contacto.

Solução #6: Como eliminar a desconfiança?

Eliminamos desconfiança com sinceridade. Comunique com os seus visitantes de forma conversacional e natural, em vez de parecer um vendedor ou marketeer. Mostre que está ali uma pessoa por trás do computador, que escreveu aquele conteúdo, e não um robot.

Para gerar confiança nas pessoas devemos mostrar empatia para com o utilizador, perceber como é que eles se sentem e vêem as coisas do seu ponto de vista.

Inclua testemunhos e comentários positivos dos seus clientes, pois isto serve para criar prova social e confiança nas pessoas que poderão estar indecisas. Alguém que lê um testemunho pode identificar-se com aquela pessoa e ganhar assim confiança na sua marca.

_______________________________________

Pontos importantes

Tome nota destas causas e de como as eliminar, pois poderá ser a diferença entre conseguir criar uma ligação emocional com o seu potencial cliente, ou parecer um vendedor de carros em 2.ª mão.

Implemente estas dicas nas suas páginas e landing pages que têm mais tráfego, de forma a ter uma amostra de dados estatísticos significantes que depois poderá aplicar noutras páginas do seu website.

Reveja as suas landing pages e decida o que é necessário e desnecessário, removendo todo e qualquer conteúdo que não interessa ou não serve o propósito da landing page, que é uma conversão (compra de produto/serviço ou inscrição). Faça com que o tom da sua landing page seja igual ao tom, ou voz da sua marca, para que haja uma congruência por todo o seu website.

Estas dicas que lhe apresentei dão-lhe uma boa base para começar a testá-las nas suas landing pages e a otimizá-las para conseguir ter mais conversões e pessoas interessadas na sua marca.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.