Facebook e TV gráfico

Ao longo de 2013, o Facebook implementou funcionalidades na sua plataforma com vista a trazer à tona conversações no Facebook: hashtags, publicações incorporadas e tópicos populares.

Um dos objetivos do Facebook, de acordo com Justin Osofsky, VP do Facebook, é [estarmos] comprometidos a criar funcionalidades que melhoram a experiência de descobrir e participar em conversas sobre o que se passa no mundo agora, incluindo entretenimento, políticas e notícias.

O que trazem estas ferramentas?

A partir de 9 de Setembro de 2013, os grandes noticiários conseguem incluir conversações Facebook nas suas transmissões ou reportagens ao mostrar publicações públicas de atividade em tempo real sobre qualquer tópico.

Um noticiário como a CNN pode incorporar facilmente aquilo que as pessoas têm a dizer no Facebook sobre eventos recentes durante as suas transmissões. Por exemplo, se a notícia que estiver a passar for sobre o Justin Bieber, irão aparecer aos espetadores dados e/ou comentários públicos interessantes no ecrã.

O Facebook já trabalhou no passado com alguns programadores de TV para fazer este tipo de coisa (eleições presidenciais), mas apenas em eventos únicos. Desta vez o Facebook vai fazer isto de forma permanente através de duas APIs que os seus parceiros poderão usar.

Por agora o Facebook tem apenas as portas abertas para esta funcionalidade para algumas cadeias de TV e programadores, como a CNN, BuzzFeed, NBC e Slate.

Facebook e TV gráfico

Estatísticas Facebook e canais TV

Facebook quer imitar Twitter?

Esta funcionalidade do Facebook é provavelmente uma estratégia para conseguir apanhar o mercado das conversas em tempo real, como é o caso do Twitter, que alicia bastante os programadores das cadeias televisivas de que é um canal interessante para saber aquilo que as pessoas estão a falar.

A equipa do Twitter menciona que fazem um melhor trabalho ao criar conversações sobre aquilo que se está a passar no momento; ao passo que as conversações no Facebook, mencionam eles, são mais difusas e difíceis de seguir.

A resposta do Facebook para este argumento é que as suas conversações têm maior importância porque as pessoas inscrevem-se no Facebook com os seus nomes verdadeiros, e a rede social sabe assim mais sobre quem eles são e quem eles gostam.

Que ferramentas são estas?

Estas ferramentas (APIs) são a Keyword Insights API e a Public Feed API.

Keyword Insights API
Agrega o número total de publicações que mencionam um termo específico num período de tempo. Também pode mostrar resultados anónimos, ou baseados em sexo, idade e localização.

Public Feed API
Mostra publicações públicas em tempo real para uma determinada palavra. Apenas publicações públicas (de Páginas e Perfil com botão “Follow”) estão disponíveis com esta API.

Quem tem acesso a estas ferramentas?

Buzzfeed, CNN, NBC’s Today Show, Sky TV, Slate, The Economist e Mass Relevance.

Como as obter?

Estas ferramentas apenas estão disponíveis para um grupo seleto de parceiros de imprensa (CNN, etc, ver acima). Num futuro próximo, outros parceiros serão incluídos nestes planos.

Ler notícia oficial: New Tools for Surfacing Conversations on Facebook

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment