O que é uma estratégia digital

Começámos com o Facebook e o Twitter, espreitámos o Google+, e estamos descobrir as vantagens de novos “players” como o Instagram, Snapchat, Periscope e Blab.

Quem diria que no decurso (tão breve) da história do ser humano, que as muralhas da comunicação podiam ser levantadas e mandadas abaixo de tantas maneiras.

Mesmo para quem está dentro desta área do marketing, é interessante reparar como é que o cenário está constantemente a mudar.

As pessoas comunicam a alta velocidade e as marcas têm pouco ou nenhum controlo sobre aquilo que é dito e partilhado sobre elas.

Assustador?

Mas não tem de ser.

[bctt tweet=”Estratégia digital é o planeamento e execução de oportunidades de interação em plataformas digitais.”]

O objetivo não é empurrar os produtos ou serviços pela goela das pessoas. Não estamos na praça nem no mercado a gritar para vender o peixe ou a camisola pró menino.

Mas também não estamos a gerir uma instituição de caridade – queremos vender.

Só que as pessoas compram de pessoas em que elas confiam e gostam, por isso bombardear a malta várias vezes por dia a tentar vender produto é uma boa maneira de alienar as pessoas e fazer com que eles o(a) detestem.

4 Componentes duma estratégia digital

Uma estratégia digital tem algumas componentes.

#1 Objetivos

Este é fácil: o que quer alcançar?

Não ter um objetivo ou meta a alcançar significa que não há nada para medir o progresso. Defina o seu objetivo. Mesmo que ele mude ou tenha de ser ajustado, pelo menos tem uma direção a seguir.

#2 Público-alvo

Tentar vender a todos por vezes é como vender a ninguém.

Quando sabe quem é a sua persona, ou seja, o seu tipo de cliente, pode orientar a sua proposição de valor e mensagem de vendas de acordo com a pessoa.

Agradeça os bons comentários, e não tente evitar os maus comentários. Encare-os, resolva-os e aprenda com eles. Responda a questões e ajude as pessoas quando possível.

#3 Termos de serviço e políticas

Faça uma lista daquilo que é permitido e não é permitido. Descreva o que se “pode fazer” e o que “não se pode fazer”, e atualize a lista regularmente.

Assim todos podem agir dentro dos limites que foram estabelecidos.

#4 Hierarquia

Quem manda e quem tem de relatar a quem.

Crie um documento com a hierarquia que deverá ser seguida e quem tem poder para fazer o quê. O seu “Facebookagiário” pode lançar descontos? Ponha por escrito. Faça motas. Certifique-se que todos sabem o papel a desempenhar.

Parece difícil, mas não é fácil

O básico duma estratégia digital não parece complicado posto desta maneira.

Vale a pena investir o tempo necessário a montar uma estratégia digital, pois assim tem um plano a seguir, e pode capacitar os seus colaboradores para representarem bem a sua marca.

Há muitos sites, redes sociais e plataformas por toda a web, mas ter um objetivo bem definido significa que pode atacar cada plataforma o melhor que conseguir, sabendo que o está a fazer de forma correta e de acordo com o plano.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.