Facebook edgerank thumb

O que é o Edgerank e como isso afeta o Facebook marketing.

Se vivêssemos num mundo ideal, as nossas publicações seriam “gostadas”, partilhadas e clicadas. Elas seriam inteligentes, teriam piada, inspiravam e motivavam o consumidor a comprar. Mas graças ao algoritmo do Facebook, que foi apelidado de Edgerank, isto já não é possível sob as melhores circumstâncias.

O Edgerank é um algoritmo desenvolvido pelo Facebook para determinar aquilo que aparece, e quão alto aparece, na feed de notícias do seu público-alvo.

Ou seja, o envolvimento que o seu público tem com o seu conteúdo determinará quanto e quão frequentemente eles verão o seu conteúdo no futuro.

Parece complicado? Relaxe, eu vou descomplicar de seguida, para percebermos como é que este algoritmo está a afetar a sua estratégia de marketing.

Bem, para já…

O que é o Edgerank?

Quando o Edgerank apareceu em cena, era baseado em três factores que determinavam como o conteúdo era exibido na feed de notícias dos utilizadores. Eis os três factores.

1.º factor – Pontuação de afinidade
É o relacionamento que uma marca e um fã podem ter. Afinidade é baseada nas interações repetidas com os “Edges” da marcas. Entende-se por ações coisas como comentar, gostar, partilhar, clicar e mesmo enviar mensagem. Tudo isto influencia a afinidade do utilizador.

Basicamente, quanto mais um utilizador interage e se envolve com o seu conteúdo, mais provavél é que o seu conteúdo lhe apareça de futuro.

2.º factor – Peso do vértice
Cada ação que um utilizador toma cria um “edge” (um vértice), e cada um destes edges, à exceção de cliques, cria uma história potencial. Cada categoria de edges tem um peso diferente.

Basicamente, alguns envolvimentos têm mais peso do que outros, ou seja, são considerados mais importantes.

3.º factor – Recaída de tempo
À medida que a história/publicação envelhece, perde pontos porque passa a ser notícia antiga. O Edgerank pontua isto de forma contínua, e não duma vez. Quando o utilizador faz login no Facebook, a sua newsfeed é populada com edges que têm a maior pontuação naquela altura.

Basicamente, quanto mais velho uma publicação é, menos provavél é que apareça na feed de notícias do utilizador quando ele entra no Facebook.

O que é que isto significa? Para começar, isto faz com que o envolvimento do seu conteúdo seja uma coisa a que se deve prestar atenção. Métricos como os likes, comentários e partilhas são pesados e avaliados quando o Facebook determina o que vai mostrar aos utilizadores quando eles voltam. Portanto se o conteúdo que está a partilhar deixa os seus seguidores desinteressados, então eles vão deixar de o ver.

O que isto significa para o marketing no Facebook

Se chegou até aqui no artigo, então está correto em concluir que as suas publicações e atualizações não são todas vistas pelos seus seguidores no Facebook.

A explicação do Facebook é que, de forma a apresentar aos utilizadores com os melhores conteúdos, o Facebook filtra tudo aquilo que os seus seguidores deram uma vista de olhos passageira ao fazer “scroll” pela feed de notícias deles.

Post que pode contar para Edgerank

O que isto significa é que você precisa de ter uma estratégia montada para colocar publicações no Facebook. Muitas empresas ainda tratam esta plataforma como uma forma de gritar no holofote, em vez de ter uma conversa de dois sentidos.

Pense em porque é que os seus seguidores fazem login no Facebook todos os dias. É para ver que você mudou de escritório, ou as suas credenciais, ou quão maravilhoso(a) e bonito(a) você é, ou a última promoção ou desconto que lhes quer enfiar pela goela abaixo? Não, não é.

Como eles não estão interessados nas suas publicações com promoções constantes, o Edgerank vai deixar de lhes mostrar o seu conteúdo, portanto quando chegar o dia que você tem realmente uma coisa interessante (interessante para eles) para lhes mostrar, eles não a irão ver.

Conclusão

Pense em quem é a sua buyer persona, e concentre a sua mensagem para ele(a). O sucesso da sua estratégia de Facebook marketing depende disso, e isto não é dramatismo, é a realidade.

Artigos que poderá gostar

Porque as redes sociais e o blogging são como Nutella no pão
Está a cometer estes 8 erros no Facebook

Como Envolver os Fãs no Facebook


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.