Google Adwords: quanto devo investir

Há várias formas de obter tráfego (visitantes), mas as duas principais são orgânico e pago. Orgânico é o tráfego resultante de pesquisas orgânicas nos motores de busca; pago são os anúncios que se fazem em plataformas como o Google Adwords.

É importante investir para ter visitantes no seu site, mas quanto deve investir em campanhas de anúncios?

ciZ51uOGj3xtu - Quanto devo gastar no Google Adwords?

E a resposta que ninguém gosta de ouvir é: depende.

Se a resposta fosse fácil, você não estaria a ler isto agora. Não há uma fórmula mágica, é necessário perceber vários fatores antes de chegar a um número que seja adequado para o seu caso.

Pode personalizar as suas campanhas e escolher o seu gasto diário, mas convém não inventar ou adivinhar.

Se não investir o tempo para perceber o tipo de investimento que deve fazer pode resultar em gastar dinheiro desnecessário e não ter os resultados que está à procura.

Eis então como responder à questão de “Quanto devo gastar no Google Adwords?”

Crie um plafond de PPC

Sabia que pode ver os preços das palavras-chave antes de lançar uma campanha Adwords.

Então faça isso.

Após definir o seu custo por clique, pode então chegar a um orçamento realístico para a sua campanha, com ferramentas como o SpyFu ou o SEMRush.

Se bem que há funcionalidades destas ferramentas que não funcionam para Portugal como país, dá para extrapolar informação a partir de outros países, como o Brasil, EUA, e outros.

Algumas das palavras-chave que escolher vão ser um pouco caras, mas quando souber quanto cada keyword custa, será mais fácil saber os custo por lead que gera.

Dê uma espreitadela no Google Adwords: Planeador de Palavras-Chave ou no Keywordtool.io.

Há coisas que se podem fazer para reduzir o custo das suas palavras-chave, e é por isso que iremos agora debruçarmo-nos sobre testes e otimizações.

Testar e otimizar

O grande problema com testar e otimizar, é não testar e otimizar de todo.

É tentador passar muito tempo no criativo do anúncio e depois não testar. Investir tempo no anúncio pode ajudar a atrair prospetos e clientes, mas nem todas as suas ideias serão boas, especialmente se for principiante nestas andanças.

Se está a começar e anunciar como forma de pesquisar o mercado, é normal que não consiga ter retorno no seu investimento. Por vezes leva tempo até descobrirmos o que queremos fazer ou até termos anúncios que estão a ter o retorno desejado.

Mas é necessário arriscar e ter um orçamento inicial para testar. Testar o quê? Testar se um mercado está recetivo a um produto/serviço/projeto novo, ou se testar se o seu produto ou site atual lhe poderão dar os contactos e as vendas que necessita.

Quanto dinheiro consegue alocar para testes antes de começar a gerar resultados?

Com o Google Adwords, que é um serviço de licitação à base de custo por clique, só paga quando o utilizador clica no anúncio, mas cada palavra-chave tem um custo associado, portanto tem de orçamentar de forma diferente de acordo com a sua segmentação.

Use campanhas de teste para aprender

Faça uma lista de palavras-chave que está interessado(a) em testar. Escolha isto de forma estratégica, não comece a fazer “coleção” de keywords.

Teste palavras e termos que acredite que são relevantes para o seu negócio e que lhe possam trazer resultados.

O retorno ao investimento (ROI) que tiver irá variar conforme a sua área de atividade.

Após algumas semanas de testar os seus anúncios e palavras-chave, vá analisando os relatórios, e irá começar a ter um entendimento de como as pessoas pesquisam e a qualidade e desempenho dos seus melhores anúncios.

Reduza o custo por clique

Pode reduzir o custo dos cliques dos seus anúncios ao melhorar a quality score, ou seja, a qualidade dos seus anúncios.

A quality score é o resultado da sua taxa de cliques (CTR), a relevâncias das palavras-chave no seu grupo de anúncios, a relevância do texto do seu anúncio, a relevância e qualidade da sua landing page (página de destino), e o historial de desempenho da sua conta.

Quando o Google acha que o seu anúncio é mais relevante (com base nos fatores descritos no parágrafo anterior), será recompensado com um melhor posicionamento dos seus anúncios, assim como menor custo por clique.

Pode melhorar a sua quality score ao otimizar os itens descritos anteriormente (ex.: texto do anúncio e landing page). Para isso, encontre boas palavras-chave, segmente-as em grupos de anúncios específicos e remova termos de pesquisa irrelevantes.

Escolha os melhores anúncios

Vá testando os seus anúncios, as palavras-chave e melhorando as suas landing page para ter uma boa pontuação de qualidade.

Ao longo do tempo irá ganhar experiência, e ao analisar os dados conseguirá perceber quais os anúncios que estão a ter melhor desempenho.

Descarte-se dos anúncios fracos e concentre-se naqueles que estão a ter melhor desempenho. Pense por que é que certos anúncios estão a funcionar melhor que outros, e replique a fórmula de sucesso deles, ao criar anúncios semelhantes de forma a ir testando e encontrar novos anúncios com melhor desempenho ainda.

Faça contas à vida

Isto não é difícil, só tem de investir algum tempo a testar a sua estratégia e o orçamento que atribuir aos seus testes (e futuramente as suas campanhas a sério).

Por exemplo, vamos supor que está à procura de ter 5 vendas todos os meses. Se o custo da sua palavra-chave principal for €1 e estiver a converter visitantes em clientes numa taxa de conversão 1% no seu website, significa que terá de pagar €500 por mês para ter essas 5 vendas (seja dum produto ou serviço).

Para as cabeças que estão a explodir a tentar fazer contas, é fácil: queremos 5 vendas, certo? Ok, se a taxa de conversão é 1 porcento, significa que é necessário 100 visitantes para termos 1 venda. E sabemos que a palavra-chave é 1 euro. Portanto, se por cada 100 visitantes temos 1 venda, então precisamos de 500 visitantes para termos 5 vendas. E como cada clique custa 1 euro, então são 500 euros para obtermos as 5 vendas.

Pode assim determinar a sua margem ideal para perceber se o custo em publicidade lhe é proveitoso ou não. Desta forma, pode determinar quando necessita gastar para obter os resultados esperados, e criar um benchmark para futuras campanhas.

Assim, o orçamento a definir será apenas uma questão de analisar o custo por clique e quantos cliques e conversões quer (ou necessita) ter.

Reveja a sua estratégia

Tanto o tráfego orgânico como o tráfego pago são importantes para o seu site. Se já tem uma empresa (ou ideia) há algum tempo é provável que já esteja a investir em alguns destes meios de marketing para chegar ao seu público-alvo.

Desta forma, é importante pensar como o Adwords se poderá integrar na sua estratégia. Como irá complementar e melhorar os seus esforços atuais?

Quando uma empresa começa a criar a sua presença online, tem mais hipóteses de obter melhores resultados a nível de tráfego pago (anúncios) comparado com fontes de tráfego gratuitas (pesquisa orgânica).

Note que pode levar seis ou mais meses para que a sua estratégia de marketing de conteúdos (criação de artigos) comece a compensar. Na realidade pode até levar mais tempo, mas isto depende da concorrência e da sua indústria, frequência com que publica os seus conteúdos e qualidade dos mesmos.

Orçamento para anúncios: comece com o pé direito

Para determinar um orçamento específico para as suas campanhas de anúncios, a resposta é: a quantidade de orçamento que for necessária para obter os resultados desejados.

Há boas práticas que se devem seguir ao usar o Google Adwords, mas isto não significa que essas táticas irão funcionar com todas as empresas e indústrias.

No mundo da publicidade online, cada caso é um caso e o desempenho tem de ser medido de acordo com os objetivos do negócio, que têm de ser claros logo à partida.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment