ícones de redes sociais no iphone

Há uns tempos atrás você gastaria uma fortuna a criar um catálogo apelativo e algumas viagens de promoção e recrutamento. Se conseguisse colocar os seus catálogos nas mãos certas, era uma questão de esperar pelos resultados. Novas entradas apareciam, ou as atuais mantinham-se com orgulho, e tudo estava bem. Só que isso era antigamente. Os seus demográficos mudaram. Cada vez mais os pais pertencem à Geração Y. Eles obtêm a informação deles a partir das redes sociais.

A variedade de objetivos que a sua escola pode ter pode requerer diferentes abordagens. Você tem de ter um maior alcance nas suas campanhas de publicidade ao usar as redes sociais para uma partilha mais eficiente. O seu mercado tornou-se mais segmentado e mais competitivo. À medida que a conjectura económica ainda permanece um pouco incerta, os pais investigam a fundo o alicerce educacional que os seus filhos têm de ter de maneira a serem bem sucedidos na sua vida adulta.

A economia incerta em que se vive desde há alguns anos causa algumas preocupações financeiras para si e para a sua escola e os seus potenciais clientes/famílias.

É aqui que as redes sociais entram. Implementadas corretamente, as redes sociais melhoram as entradas na sua escola. Feito de forma consistente, elas podem agregar valor nas mentes do seu mercado.

As redes sociais são marketing. Não é algo que deve ser feito por um “miúdo que percebe destas coisas”. Requer planeamento e execução do seu plano de marketing para que funcione, e não deixada ao acaso nas mãos de um amador bem intencionado. Cada componente das redes sociais tem de ser bem implementada de forma a ajudá-lo(a) a alcançar os seus objetivos finais.

Eis algumas ideias para considerar à medida que desenvolve o seu plano de marketing usando o Facebook, Pinterest e Youtube.

Para inscrições e recrutamento, as redes sociais são à base de convencer a sua base de fãs para promover a escola com os seus amigos. Você quer ter os 500 amigos da sua escola a partilhar fotos e histórias sobre a sua escola com os seus amigos, que por sua vez as partilham com os amigos deles.

Provavelmente já dever ter lido ou ouvido falar sobre a expressão “ser viral”. Isso é quando uma história, foto ou vídeo é partilhado rapidamente por todo o lado. Isto poderá funcionar como bom aditivo de marketing para a sua escola. Consequentemente, os pais da Geração Y acreditarão mais naquilo que os seus amigos lhe dirão do que de outras fontes de informação.

Esta abordagem de marketing viral e de partilha pode funcionar em seu benefício numa situação escolar. Para tal é necessário saber o que o seus fãs realmente gostam, o que é que mexe com eles. Existem algumas coisas que as escolas fazem que podem ser motivo de conversa positiva para levar tráfego (visitantes) para os seus sites de redes sociais e também o seu website.

Usar fotos para vender bem a sua escola, já que as escolas têm vários eventos dos quais escolher porque há eventos que decorrem ao longo do ano escolar/académico. O segredo de usar os eventos como parte da sua estratégia de marketing é ter boas fotos. O segredo de ter boas fotos é ter um fotógrafo com bom olho. Por vezes, pode acontecer que este fotógrafo maravilha até seja um estudante. Encoraje os seus estudantes para tirar bons planos que dêem uma reacção de “wow” ou “que espetáculo” quando as colocar no Facebook.

Fotos dos programas ou equipas de desporto, estudo (ou outros) podem passar aquele entusiasmo necessário, dando assim dar uma lufada de ar fresco e motivação para os diferentes grupos. Muitos pais não se apercebem que os desportos (por exemplo) são uma parte importante da componente educacional da escola. Quando os seus potenciais pais pensarem “Eu quero que o meu filho seja parte disto” então o seu programa de marketing fez um bom trabalho.

Coloque uma ou duas publicações diárias no Facebook. Fotos, links, texto, mas acima de tudo, imagens, algo entre professores e estudantes, estudantes e outras culturas e ocasiões comemorativas são coisas que chamam a atenção, isto porque elas contam uma história. Uma imagem vale mais que mil palavras. Faça com que as suas imagens contem a história da sua escola de forma eficaz e persuasiva.

Facebook

O Facebook permite-lhe criar álbuns de fotos, e bastantes. Escolha as suas fotos com cuidado. Escolha criar álbuns de acordo com o tema. Uma mistura dispersa de fotos gera confusão e distorce a sua mensagem. Use uma estratégia [tooltip title=”KISS”]Keep It Simple Stupid[/tooltip], do género “Quem? O quê? Onde? Quando? Porquê?”. Estas são questões para criar bons álbuns no Facebook.

Quem? Quem está nas fotos? Etiquete-os.
O quê? O que é que o seu público está a olhar? Não parta do princípio que sabe sobre o que é que as fotos se tratam.
Onde? Onde foram as fotos tiradas? Deixe as pessoas visualizarem o enquadramento.
Quando? Quando foram as fotos tiradas? O carimbo de data acrescenta relevância à sua mensagem se for recente, ou valor histórico se for mais antigo. Os antigos alunos gostam de percorrer o historial das fotos, que podem desencadear boas memórias felizes e talvez alguns donativos convenientes para o seu orçamento anual.
Porquê? Porque é que as fotos foram tiradas? Os álbuns de comemorações, viagens ou outros eventos são exemplos de razões do porquê de estar a publicar os seus álbuns.

Pinterest

O Pinterest apresenta uma abordagem fotográfica para identificar a sua escola. Crie e desenvolva os seus álbuns Pinterest com atividades extracurriculares, temas académicos, desportivos e a sua missão educacional, só para dar alguns exemplos.

Estes álbuns contarão a história de forma visual e de maneira mais organizada do que o Facebook consegue fazer.

Youtube

O Youtube permite mostrar as instalações da escola eficazmente. Passeios guiados,por exemplo, dá às famílias a possibilidade de à distância, e virtualmente pelo vídeo, conseguir perceber se valerá a pena fazer a viagem para conhecer a escola.

Mantenha os seus vídeos com um máximo de 3 a 4 minutos de duração. Se filmar 30 minutos de vídeos, divida isso em clips de 4 minutos (7 x 4 = 28 ~ 30). Pense nesses clips como capítulos dum livro, onde cada clip deve ter um título a indicar sobre o que se trata. Eis um exemplo: “Atletismo em Escola XPTO: corrida de obstáculos”.

Não ponha pessoas a falar muito tempo. Conte a história através do que podemos ver, e use narradores como guias do passeio virtual.

Conclusão

Os seus materiais de marketing têm de ser bem trabalhados, com bom design e implementados de forma profissional. Conheça o seu público e como os alcançar. Use cada rede social de forma inteligente.

E você, é uma escola? Que desafios está a atravessar ou que objetivos se propôs a alcançar? Partilhe em baixo nos comentários ou contacte-nos.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment