O Google Plus (também escrito como Google+) é encarada como uma rede social incerta pela maioria das empresas. Muitos empreendedores e marketers não estão a tirar partido dela, preferindo em vez disso tratá-la como “mais uma”, em vez de integrá-la numa estratégia social.

Alguns especialistas de redes sociais declaram este o ano do Google Plus. É importante perceber porque é que precisa de usar esta plataforma, e o que pode perder se não o fizer.

Eis quatro razões que o(a) poderão convencer de que é altura de incorporar o Google Plus na sua estratégia atual.

1 – Autoria Google

Para tirar partido da autoria google, precisa primeiro ter uma conta Google+. Ao ligar o seu perfil Google+ com o seu conteúdo na web, as pessoas que pesquisam, e o Google, percebem que esse conteúdo está atribuído a si.

Porque é que isto é importante? Porque do ponto de vista desta “autoria” do google, o conteúdo que escreveu terá uma foto sua nos resultados de pesquisa. Estudos provam que isto aumenta o número de pessoas que clicam nesse resultado, e o seu pode ser um deles.

Google+ Autoria

O próprio Google afirmou que o conteúdo de autores verificados irá estar mais bem colocado e posicionado nos resultados de pesquisa relativamente aos outros.

Leia um outro artigo meu sobre como implementar autoria google com o seu website wordpress.

2 – Benefícios [tooltip title=”SEO”]SEO = Search Engine Optimization, ou otimização de motores de busca[/tooltip]

A título oficial, o Google afirma que os “+1″ não são usados no algoritmo de pesquisa, no entanto, algumas estatísticas apontam para que si, ou pelo menos, benefícios indiretos de partilhas de posts no Google+.

Eis um exemplo. Se alguém o seguir no Google+ fizer uma pesqauisa enquanto tiver o login feito na conta Google dele(a), estará mais propenso a ver a sua publicação Google+ nos resultados de pesquisa. Ou seja, enquanto que a sua publicação pode apenas aparecer na posição n.º 10 dos resultados gerais dos motores de busca, poderá aparecer em n. 2 para as pessoas que o seguem no Google+ quando efetuam uma busca.

Isto significa que quantos mais seguidores tiver, maior a visibilidade das suas publicações Google+ nos resultados personalizados de pesquisa. Parece que não, mas isto é potente.

O Google pode não dar atenção preferida aos +1, mas as ligações que são partilhadas no Google+ contam como links, e alguns tipos de links são [tooltip title=”follow”]um link “follow” contribui para posicionar aquela ligação nos resultados de pesquisa[/tooltip]. Isto significa que estas ligações passam PageRank, funcionando como links externos para o seu website e melhorando o seu posicionamento nos motores de busca.

3 – Hangouts apenas para Google+

Mesmo que seja fã de outras redes sociais, como o caso óbvio do Facebook, é importante perceber como é que não há nada, neste momento, que se compara ao Google Hangouts.

Com o Skype pode falar para uma outra pessoa, mas se quiser falar para grupos precisa duma conta paga. Com o Google Hangouts, poderá fazer para várias pessoas ao mesmo tempo sem pagar por isso. Isto é o ideal para conversas em grupos, pessoais ou para fins profissionais.

É possível gravar o vídeo com várias pessoas e disponibilizá-lo para o público geral o poder ver em direto ou após o evento (são automaticamente gravados no Youtube).

Há várias outras plataformas de vídeo-conferências disponíveis. Skype, VBuzzer, iChat (para Mac), TinyChat ou SightSpeed são algumas outras, mas a capacidade de integrar os vídeos na sua estratégia social não tem rival.

4. N.º de utilizadores

No final de 2013, o Google+ tinha mais de meio bilião de utilizadores. Note que o Google conta as pessoas que têm o login feito na sua conta Google (gmail, etc) como um “utilizador”, no entanto, apesar disto, é de louvar o crescente número de utilizadores.

Estudos em 2013 mostraram que o butão +1 era usado 5 biliões de vezes por dia, e que cada metade de quadros médios e superiores de marketing em empresas estavam a começar a usar, já usavam, e/ou tinham planeado aumentar o uso desta rede social. E ao contrário do Pinterest, uma estatística interessante é que mais de metade dos utilizadores no Google+ são homens.

Conclusão

O crescimento e popularidade da plataforma irá ditar como ela vai ser cada vez mais, ou não, usada, e de que forma o iremos fazer.

E da sua parte, usa o Google+? Se sim, porquê? Se não, o que o impede? Partilhe nos comentários em baixo.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4778

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment