O poder duma comunidade não deve ser subvalorizado. É semelhante ao crowdsourcing, onde várias pessoas poderão estar a trabalhar diariamente em torno da expansão da sua marca.

Pode ser difícil criar uma comunidade local através de networking pessoal no mundo offline. Mesmo que tenha sucesso, leva uma quantidade significativa de tempo e pode nem dar em nada. Uma solução digital para isto poderá passar por usar o Facebook.

Após ler este artigo saberá como ser o líder da sua comunidade e ter uma tribo de pessoas que o seguem no seu nicho de mercado.

1. Defina o seu nicho

Escolher um nicho pode ser difícil, se está a começar de raiz. Se já tem uma empresa e um projeto, então é fácil, escolha esse. No entanto se quiser começar um projeto novo, pode levar algum tempo a pensar em que segmento de mercado apostar, o que vender, o que fazer.

Pondere nestas questões para o ajudar a encontrar o seu nicho.

  • Ainda consigo promover este produto ou serviço daqui a uns anos?
  • Gosto daquilo que estarei a promover?
  • Tenho paixão quando falo sobre isto?
  • Quero tornar-me um líder no nicho?

2. Crie a sua missão

Antes de criar um grupo Facebook e começar a convidar pessoas, tem de ter uma missão. A sua missão deve englobar aquilo que o grupo representa e como vai beneficiar as pessoas. A missão deve ser bem escrita porque estará visível para todos os membros no grupo e da sua página Facebook.

Uma boa missão tem estes quatro elementos:

  1. Valor
  2. Inspiração
  3. Plausabilidade
  4. Especificidade

3. Crie um grupo Facebook

Clique em Criar Grupo na barra lateral esquerda.
Criar grupo Facebook

Uma janela abrirá onde pode escolher as suas opções.

Opções criação grupo facebook

Dê-lhe um nome e adicione membros se quiser, apesar de o poder fazer depois. As três opções de privacidade (público, fechado, secreto) dependem do tipo de grupo que estiver a criar e a sua estratégia por trás dele. A melhor opção a escolher é aquela que encoraja os seus utilizadores a envolverem-se consigo. Ao clicar em Criar, poderá escolher um ícone para o seu grupo.

Adicionar descrição no grupo Facebook

Em “Informações de Grupo” poderá colocar os guias de publicação primeiro, e depois a sua missão. Isto fará com que as pessoas do grupo saibam como interagir no grupo, evitando spam. Sugiro informar de forma ligeira os seus membros para não colocarem conteúdo auto-promocional (porque ninguém gosta de melgas) ou conteúdo que não se adequa ao grupo (se o seu grupo for sobre restauração e alguém vem colocar coisas sobre máquinas escavadoras, não faz muito sentido).

Adicionar foto de capa

É muito importante aquilo que colocar na sua foto de capa. Aconselho uma foto de grupo com os seus principais membros para gerar prova social, ou uma imagem do sítio onde costumam se encontrar. Desde que a sua foto de capa mostre os benefícios do grupo, seja uma imagem dos membros ou do sítio (ou combinação), ambos funcionarão.

Ver instruções oficiais em como criar um grupo no Facebook.

4. Crie uma recompensa

Sem ter um benefício direto de se juntarem ao seu grupo, as pessoas não se irão juntar a si. Antes de começar a convidar pessoas, vamos fazer um pequeno brainstorming.

Quem vai receber as recompensas?
O seu grupo vai ficar a cheirar a mofo se os membros não tiverem benefícios. Deve recompensar o seu grupo numa base consistente. Talvez a recompensa seja um bom orador que apareça todas as semanas, ou uma sessão leve de ginástica. A recompensa deve ser relevante para os interesses do grupo e agregar valor para encorajar envolvimento contínuo.

Como ir mudando de recompensa?
As pessoas aborrecem-se com o mesmo tipo de coisa. Gostamos de algo que nos dê valor, mas também variedade. Se puder aplicar variedade nas recompensas de forma consistente, as pessoas irão manter-se envolvidas.

Baixo custo, alto valor
Ter um tipo de recompensa ou oferta que agregue valor para com as pessoas, mas que seja de baixo custo, é difícil de fazer, mas não impossível.

Numa das minhas sessões num grupo, uma rapariga especialista em “Yoga do Riso” veio dar uma sessão gratuita sobre a atividade dela. Foi uma experiência interessante para os membros do grupo, que ao princípio estavam céticos, mas depois adoraram. Para ela foi ótimo porque teve exposição para o tipo de serviço que ela presta como terapeuta.

Vários pontos de contacto
Apresente valor aos membros a partir de vários pontos de contacto. Seja conversas ao vivo, através do google hangouts, ou eventos especiais onde vem um orador convidado conhecido, agregue valor em diferentes canais (offline, online) para apelar ao maior número de membros que podem ter preferência por um meio ou outro.

5. Marca pessoal

Antes de começar a contactar pessoas, é importante conhecer-se a si mesmo(a) se quer converter os contactos em membros.

Um perfil Facebook atraente aumenta a taxa de resposta ao enviar mensagens. Isto não significa que você tem de ser uma pessoa atraente (todos nós somos bonitos por dentro), mas sim que o seu perfil deve ser agradável, com fotos suas junto de outras pessoas, com animais, com a família e em atividades lúdicas saudáveis e políticamente corretas.

Um perfil Facebook atraente aumenta a taxa de resposta ao enviar mensagens.

Líderes com uma perceção social positiva geram mais envolvimento para com as pessoas. Daí ser importante fotos de alta qualidade, o que poderá implicar pagar a um fotógrafo profissional para lhe tirar fotos para colocar no seu perfil Facebook. Eu paguei a um fotógrafo para me tirar fotos, uma delas que coloquei no meu website pessoal. Não queira poupar trocos porque estará a passar um péssimo exemplo de líder.

Verifique se qualquer do seu conteúdo (publicações, fotos) no seu perfil Facebook não contradiz com a missão do seu grupo Facebook (ex.: muitas fotos de basquetebol quando o grupo fala sobre futebol).

Retire as imagens de beberolas e festarolas do seu perfil. Apresente-se com um equilíbrio correto de uma pessoa que se dá bem com as outras e que tem um papel de líder na comunidade.

Retire as imagens de beberolas e festarolas do seu perfil

Perfis relevantes resultam numa maior taxa de resposta
As pessoas no seu grupo gravitam naturalmente em torno dum líder que representa aquilo que eles gostam ou quem eles querem ser. Se está a promover um grupo sobre alimentação sem-glúten, tenha imagens de receitas sem glúten.

Uma publicação relevante que esteja afixada
As pessoas têm tendência de ver grande parte do seu perfil, portanto, pelo menos os seus últimos posts (publicações) deverão ser relevantes para os interesses do seu nicho e ter alguns “Gostos” para mostrar validação social.

Se é grande, irá ser estudado
Se está à frente dum grupo grande, algumas pessoas, aquelas mais analíticas, irão estudar o seu perfil por completo à procura do que é bom, mau e feio. Esteja preparado para apagar, de antemão, qualquer conteúdo, que não ajude na sua marca pessoal.

6. Recrute os membros do ‘núcleo’

Não envie mensagens para as pessoas no seu grupo se não existir validação social prévia porque você é apenas o único membro, por agora. É importante que tenha à partida um conjunto de membros no seu grupo, que são o núcleo que irão ajudar a crescer o grupo.

Pense no seu grupo como uma instituição. Há um presidente, vice-presidente, e chefe de vendas ou do marketing. Defina os seus membros principais por título e responsabilidade. Quando as pessoas sentem que têm um papel, que têm utilidade, elas vão dar o litro.

Ok, mas então, como ir ao encontro de novos membros?

Facebook Graph
Uma boa maneira de recrutar os primeiros membros fundadores é utilizar o Facebook graph. Comece por identificar os amigos aos quais já está ligado no Facebook, ao colocar palavras chave e frases na pesquisa do Facebook graph.

Pode usar o Facebook graph para pesquisar pessoas por emprego, empresa, local, língua e interesses.

Eis quatro simples exemplos que pode escrever na barra de pesquisa no canto superior esquerdo.

  • Amigos dos meus amigos que gostam de página X
  • Amigos dos meus amigos que trabalham em empresa X
  • Fãs de página X que vivem em cidade Y
  • Pessoas que gostam de NOME PÁGINA 1 e NOME PÁGINA 2 e vivem em NOME CIDADE

Facebook graph

Se está com dificuldades em arranjar ideias, use os públicos do Facebook.

Na barra lateral esquerda do Facebook, clique no Gestor de Anúncios, depois clique em Estatísticas do Público.

Público facebook

Uma janela abrirá. Poderá fechá-la e pesquisar pelo seu tipo de membro ideal, com várias opções por onde pode escolher.

Se quisesse começar com um grupo sobre tendências e economia, analise pessoas que gostam de alguma empresa relevante, como The Economist ou Trends Magazine.

É possível ter acesso a informação deste tipo de pessoa no que toca às páginas que eles gostam, as atividades que fazem e até hábitos de compra. Esta informação irá ajudá-lo(a) a criar mensagens personalizadas quando abordar as pessoas para as recrutar.

Pesquisar baseado em interesses
Se quero saber mais sobre os interesses dos meus membros-alvo, pesquiso por “Interesses de pessoas que gostam de The Economist.” Isto ajudará na criação do meu pitch e descobrir pessoas adicionais que estão interessadas em juntar-se ao meu grupo.

Seja social
Nada disto é considerado spam, pois está a enviar uma mensagem a alguém para se juntar a um grupo relevante para os interesses deles, algo que é útil e agrega valor. Estas pessoas estão interessadas naquilo que você tem para dizer.

Opção “Ver mais”
Se não está ligado à pessoa a quem está a enviar a mensagem, após enviar a mensagem, poderá clicar em Ver Mais. Verá uma opção para pagar para lhes enviar uma mensagem diretamente para a caixa principal deles. Isto pode ser um bom método para recrutar membros se a sua taxa de conversão destes é alta o suficiente.

Após ter o seu núcleo de membros principais, podes-lhes pedir para aplicarem o mesmo método de recrutamento para irem à procura de outros membros. Sugiro fazer este pedido apenas aos membros que estão mais envolvidos com o grupo e que querem ajudar proactivamente, pois se pedir isto a toda a gente, poderá assustar alguns dos membros mais novos.

Crie templates para os abordar

Para escrever uma boa mensagem para lhes enviar por Facebook e recrutar novos membros, siga estes nove passos.

  1. Conexão. Deve haver algo mútuo entre vocês.
  2. Uma dor. É difícil ligar-se às pessoas que têm os mesmos interesses criar uma comunidade local
  3. Solução. Mostre como este grupo ajuda a ligar pessoas com os mesmos interesses
  4. Benefícios. Escreva sobre como as pessoas podem melhorar e beneficiar de fazer parte do grupo
  5. Credibilidade. Se é experiente na área, mencione os anos de “casa” que tem.
  6. Caraterísticas. Informe sobre o local físico ou online e outros detalhes relevantes sobre o grupo
  7. Repetir benefícios. Repita os benefícios por outras palavras.
  8. Repetir solução. Repita a solução por outras palavras
  9. Apelar à ação. Peça-lhes aquilo que quer que eles façam (Espero vê-lo a próxima reunião dia X. Se tiver questões por favor contacte-me e junte-se ao grupo Facebook aqui: [link para grupo Facebook]).

Eis um exemplo que pode usar como template.

Primeira mensagem de abordagem

Olá João, espero que estejas bem.

Quero-me ligar a ti porque notei que gostas de tendências económicas e mais específicamente, investimentos. É difícil trazer pessoas para [local] com as mesmas paixões que temos em comum. A pensar nisso, criei uma comunidade chamada [grupo do Facebook] onde falamos sobre investimentos e tendências económicas.

A malta passa por um bom bocado e faz relações duradouras (é bom networking). Enquanto consultor com muitos anos de experiência, é porreiro conhecermos pessoas parecidas num ambiente relaxado e calmo. Temos um sítio na baixa da cidade com café à borla e outras bebidas. Vem ter a [nome da comunidade] para que te possas divertir e fazer novos amigos.

Espero ver-te na próxima reunião e diz-me se tens algumas questões. Junta-te ao grupo Facebook aqui: [link para grupo Facebook]

Segunda mensagem (follow up, se não tiver respondido)
Esta mensagem é para usar se a pessoa não tiver respondido. 2 ou 3 dias é um bom tempo de espera antes de enviar esta mensagem. Isto dá a entender à pessoa que se preocupa com ela, com os membros do grupo e que quer que o grupo floresça.

Olá João,

Às vezes acontecem imprevistos que se metem no caminho e não é fácil lembrarmo-nos de tudo. Por isso quis mencionar-te de novo que sei que gostas de tendências económicas e investimentos. Criei um grupo Facebook para pessoas aqui na zona poderem falar sobre estes interesses.

Os membros passam um bom tempo de lazer nas reuniões e fazemos bom networking uns com os outros. Temos um sítio na baixa que tem uma máquina de café grátis e outras bebidas. Podes-me dizer se estás interessado em atender a próxima reunião?

Coloca-me qualquer questão se a tiveres. Entretanto, junta-te ao grupo facebook aqui: [link para grupo Facebook].

8. Criar envolvimento

Primeiro comentário
Incentive as pessoas a quebrarem o gelo e apresentarem-se no grupo Facebook. Sugira que elas escrevam sobre aquilo que gostam e os seus interesses profissionais ou pessoais. Envie-lhes uma mensagem de incentivo para se apresentarem caso ainda não o tenham feito no grupo, e outra após o terem feito, a agradecer.

Pequeno presente
Dê aos novos membros algo de valor que eles possam usar. Talvez um desconto para a subscrição duma revista digital (Jornal de Negócios, ou outro) ou desconto para um restaurante na zona. Lembre-se de colocar fotos de quando o grupo se junta offline (almoços, jantars, festas) para colocar nas redes sociais, pois aumentará o envolvimento e gera prova social.

Pessoal e transmissível
Uma comunidade no Facebook tem pernas para andar se as pessoas se conhecerem umas às outras de forma mais pessoal. Dê o exemplo ao ser o primeiro a abrir-se. Se for uma pessoa aberta e genuína, está a dar o exemplo para que os outros queiram se dar a conhecer melhor aos outros membros e sair da sua zona de conforto.

Conclusão

Após seguir estes passos, será o líder duma comunidade Facebook, no seu nicho ou segmento de mercado. Junte o poder do online com o offline e criará uma comunidade de pessoas que o encaram como um exemplo a seguir, com membros e seguidores dedicados.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment