A marca da sua firma, da sua empresa de serviços, é um dos bens mais precisos que tem. Assim, desenvolver uma marca forte é a tarefa mais importante que pode fazer.

A sua marca, definida

Uma marca que é entendida como a sua reputação e visibilidade no mercado. A força da sua marca é medida pela Reputação X Visibilidade = Força da Marca

Outra coisa importante para a sua marca é quão relevante ela é para a sua audiência (irei entrar em detalhe nisto).

Desenvolver a marca

Desenvolver a marca é o processo de criar e fortalecer a marca da sua empresa de serviços. Quando ajudamos as empresas a desenvolver ou redesenhar as suas marcas, dividimos o processo em três fases.

  1. Começar bem a estratégia, sendo alinhada com os objetivos de negócio.
  2. Desenvolver ferramentas necessárias para comunicar a marca, como o logótipo.
  3. Fase de fortalecimento da marca desenvolvida ou atualizada.

10 passos para estratégia de desenvolvimento de marca

A estratégia de desenvolvimento da sua marca está dependente de como consegue fazer as tarefas anteriores. Para as fazer mais facilmente, dividimos o desenvolvimento desta estratégia em 10 passos.

1. Saiba a estratégia geral do seu negócio

Uma marca forte e bem diferenciada faz com que o crescimento da firma seja mias fácil. Mas que tipo de firma quer? Está a planear crescer de forma natural e orgânica? A sua estratégia de negócios é o contexto que serve a estratégia de desenvolvimento da marca, portanto é aí que se começa. Se estiver claro para onde quer levar a sua firma, a sua marca irá ajudá-lo(a) a chegar lá.

2. Identifique o seu cliente-alvo

Quem é o seu cliente, o seu público-alvo? Se disser “todos” está a cometer um grande erro. Estudos na área do branding indicam que firmas de alto crescimento e faturação estão concentradas em ter um público-alvo bem definido.

Quanto mais cerrado for o foco de atenção no tipo de cliente/público-alvo, mais rápido é o crescimento. Quanto mais diverso o público-alvo, mais diluído serão os seus esforços de marketing. Portanto, como sabe se escolheu o tipo certo de cliente? É aqui que entra o próximo passo.

3. Investigue o seu público-alvo

As firmas que investigam de forma contínua o seu tipo de cliente crescem mais depressa e são mais lucrativas.

A investigação contínua ajuda a perceber a perspetiva e prioridades dos seus potenciais clientes, antecipando as suas necessidades e colocando a sua mensagem numa linguagem que eles percebem. Também mostra como é que eles vêem a sua marca. Desta forma, reduz significativamente o risco de marketing associado com o desenvolvimento da marca.

4. Desenvolver o posicionamento da marca

Podemos então determinar o posicionamento da marca da sua firma na indústria de serviços profissionais. Como é que a sua firma se diferencia dos outros e porque é que os potenciais clientes no seu mercado quereriam trabalhar consigo?

Uma declaração (mensagem) de posicionamento normalmente tem 2 a 4 frases e captura a essência do posicionamento da sua marca. Deve ser verdadeira e realística, pois tem de fazer aquilo que promete. Deve aspirar igualmente a algo que quer alcançar, algo maior do que apenas receitas e faturação.

5. Desenvolver a estratégia da sua mensagem

O próximo passo a fazer é criar uma estratégia da mensagem que traduz o posicionamento da marca em mensagens para as suas audiências (plural). As suas audiências, ou públicos-alvo, consistem não apenas nos potenciais clientes, mas empregados, distribuidores, parceiros e líderes de opinião, todos aqueles envolvidos com a sua marca.

Enquanto que o posicionamento central da sua marca deve ser o mesmo para todas as audiências, cada uma delas está interessada em aspetos diferentes da mesma. As mensagens para cada audiência irão ser mais relevantes em certos pontos. Cada audiência terá preocupações específicas que devem ser adereçadas, e cada uma terá provas diferentes para apoiar as suas mensagem. A sua estratégia da mensagem deve adereçar todas estas necessidades. Isto é um passo importante em tornar a sua marca relevante para as suas audiências.

6. Crie o seu nome, logo e tagline

Para muitas firmas, não é necessário mudar o nome. Mas se é uma nova firma, está passar por alguma fusão ou está preocupado com a associação que o nome tem a algo negativo, que já não se enquadre no seu posicionamento, aí sim, uma mudança de nome pode ser necessária. Mesmo que não mude o nome da sua firma, um bom logótipo e tagline fazem sentido porque ajudam a apoiar o posicionamento da sua marca.

Lembre-se no entanto que o seu logótipo e tagline não são a sua marca. Eles são meios para comunicar a sua marca. Deve viver a essência da marca para a tornar real.

Não cometa o erro de mostrar o novo logo pela empresa para querer obter opiniões. O nome, logo e tagline não são para si, são para o seu mercado-alvo e devem ser avaliados em quão bem é que comunicam a marca, não quanto é que os seus parceiros gostam dele.

7. Desenvolva uma estratégia de marketing de conteúdos

O marketing de conteúdos enquadra-se bem numa forma de serviços profissionais, especialmente na era da internet. Faz tudo o que o marketing tradicional faz mas de forma mais eficiente. Usa o conteúdo educacional que agrega valor, para atrair, acompanhar e qualificar potenciais clientes.

A força da sua marca é reputação x visibilidade. Aumentar apenas a visibilidade, sem fortalecer a reputação, raramente é bem sucedido. Por isso é que o tradicional “espalhar a marca” que é feito em publicidade e patriocínios, tem normalmente resultados desapontantes.

Por outro lado, o marketing de conteúdos (content marketing) aumenta tanto a visibilidade como a reputação. É a forma perfeita de tornar a sua marca relevante para as suas audiências.

8. Desenvolva o seu website

O seu website é a ferramenta de desenvolvimento mais importante da sua marca. É o sítio onde as suas audiências irão à procura para aprender o que faz, como o faz e quem são os seus clientes. Os potenciais clientes não irão escolher a sua firma baseado apenas no website, mas podem muito bem excluí-lo à parte se o site transmite a mensagem errada às pessoas.

Além do mais, o seu website será a casa onde irá alojar o seu conteúdo de valor. O conteúdo será a peça vital para os seus esforços de otimização para os motores de busca (SEO) para que os seus prospetos, empregados e potenciais empregados, e líderes de opinião o consigam encontrar e saber mais sobre a sua firma. Ter bom conteúdo online é fundamental para qualquer estratégia de desenvolvimento duma marca atual.

Ver tambémO guia do SEO

Os websites de serviços profissionais vêem normalmente em dois “sabores”. O primeiro é um site de branding. Um site deste género conta a história e mostra quem você é, quem serve, e o que faz, ou seja, mostra a mensagem da marca. O outro sabor faz todo o anterior e ainda gera e acompanha potenciais clientes. A estes podemos chamar de websites de bom desempenho.

Crie a sua caixa de ferramentas de marketing

O próximo passo é criar e usar as ferramentas necessárias. Estas podem incluir uma página com “cábulas” de vendas para descrever os principais serviços ou mercados servidos. Além disso, poderá haver algum tipo de deck de apresentação com uma descrição geral da firma ou ofertas principais e uma brochura (física e digital) sobre a firma.

A sua caixa de ferramentas pode incluir também vídeos. Vídeos que sejam sobre o panorama geral da firma, estudos de caso, conhecer os bastidores da equipa ou os parceiros. Demonstrar algum serviço particular pode também ser útil.

Quando preparadas e usadas de forma eficaz, estas ferramentas não servem apenas o desenvolvimento da função do negócio mas também o desenvolvimento da marca.

10. Implemente, teste, e ajuste

O último passo no desenvolvimento da marca poderá ser o mais importante. Uma boa estratégia de marca não vale nada se não for implementada, algo que acontece por vezes. Uma boa estratégia é desenvolvida e criada com boas intenções, mas depois a realidade intromete-se: as pessoas andam ocupadas com trabalho clientes e o desenvolvimento da marca é adiado, ou pior, esquecido.

Por isso medir é importante. Recomendo que acompanhe tanto a implementação do plano como os seus resultados. Será que a estratégia foi implementada como pleaneada? O que aconteceu com a medição dos objetivos, tais como pesquisa de tráfego e visitantes web? Quantas novas leads, aplicações de empregados e oportunidades de parceria foram criadas? Só ao medir e acompanhar o processo poderá saber se está a traçar as conclusões acertadas e a fazer os ajustamentos certos.

Estes são os 10 passos para o desenvolvimento duma marca que leva ao crescimento e lucratividade da sua firma. Veja mais alguns artigos em baixo para complementar esta informação.

Design logótipo
Logótipos para empresas
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4986

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment