5 Razões Porque os Seus Anúncios Falham

Desde empreendedores, a pequenas e grandes empresas, muitos usam os anúncios Facebook.

Os anúncios podem vir na forma de promoção dum post para aumentar o alcance deste, ou podem ser usados para anunciar guias, vídeos e outro conteúdo que ajuda a gerar leads e top of mind.

E muitas empresas e marketers até têm uma estratégia definida, e é uma estratégia que está montada e faz sentido. Exceto pela parte do retorno ao investimento.

Muitos dos marketers e empresas sentem que o maior obstáculo nas redes sociais é provar o retorno ao investimento. Ou seja, apesar do Facebook ser considerada a rede social mais eficaz, por vezes é difícil obter resultados concretos.

O problema é que poderá estar a fazer anúncios Facebook e ainda não viu os resultados que estava à espera. Bem-vindo(a) ao clube. Acredite que há muito boa gente na mesma situação.

Geração Y (millennias) evitam anúncios)

Por isso vou descrever os problemas do porquê os seus anúncios Facebook não estarem a gerar os resultados que deveria ter – assim como o que fazer para resolver isso.

Os seus anúncios não funcionam porque:

  1. Não são segmentados
  2. Só se importa com os likes
  3. Faz sempre o mesmo tipo de anúncio
  4. Ainda não experimentou retargeting
  5. Anúncios não mostram os seus clientes

Então vamos lá…

1. Não são segmentados

Os cliques no Facebook eram baratíssimos antigamente. Atualmente, podem sair um pouco caros se não forem bem segmentados.

Não gaste dinheiro ao colocar o seu anúncio à frente de pessoas que não são o seu potencial cliente – e que não querem saber do seu produto.

Retargeting facebook

A maioria das marcas apenas define uma localização geográfica, talvez um ou dois dados demográficos como o sexo (masculino, feminino), ou a idade e põem o anúncio a correr.

Para fazer uma boa segmentação:

  • Segmente ao nível micro;
  • Crie conteúdo/oferta relevante para esse nível

Da próxima vez que criar um anúncio Facebook, experimente mais segmentações, tais como por comportamento, interesse ou evento.

Faça com que o texto do seu anúncio (a copy) e o criativo (imagem) estejam em sintonia entre si, e que vão ao encontro do interesse das pessoas a quem o seu anúncio vai aparecer.

2. Só se importa com os likes

A maioria dos empreendedores e empresas parece que só se preocupam com os likes. Fazem anúncios Facebook e quando dão por isso gastaram €1000 para ter uma série de Gostos falsos e cliques de pessoas que nunca irão comprar nada de si.

Polegar da mão do Like com "euros" à volta

É uma aprendizagem que custa dinheiro.

Mas é uma aprendizagem que nos ensina a:

3. Faz sempre o mesmo tipo de anúncio

Os anúncios Facebook oferecem uma vasta gama de tipos de anúncio. Se um deles não funciona, experimenta outro. Pode experimentar vários tipos de anúncio conforme o seu objetivo (Alcance, Consideração, Conversão).

  • Alcance – Promover publicações, promover página, anúncios locais, divulgar marca;
  • Consideração – Tráfego para website, instalações de app, promover evento, visualizações de vídeos, captar leads;
  • Conversão – conversões, interação com app, reclamar oferta, promover catálogo.
Tipos de anúncio Facebook

Tipos de anúncio Facebook

Poderá estar a aperceber-se de quantas formas tem de usar os anúncios conforme os seus objetivos, e o conteúdo e ofertas que tem para promover. Há muitas oportunidades para explorar com os anúncios Facebook.

4. Ainda não fez retargeting

Retargeting é uma tática comum com os marketeres para chamar à atenção de pessoas que já estão familiarizadas com a marca.

Isto é feito ao adicionar um pixel (pequeno código) no seu website, para que os seus anúncios de display apareçam às pessoas que já visitaram o seu website.

O que é o retargeting para e-commerce

Explicação do que é o retargeting/remarketing

Pode fazer isto no Facebook. Se usar o retargeting do Facebook, os seus anúncios serão vistos pelas pessoas que visitaram o seu website. Assim está a lembrar as pessoas para que o visitem de novo, pessoas que já conhecem a sua empresa, e assim haverá maiores hipóteses de se converterem.

Para saber mais sobre retargeting, veja o artigo 7 Dicas Retargeting Facebook.

5. Os seus anúncios não têm pessoas

Os seus próprios clientes são as melhores pessoas para vender o seu produto. A maioria das pessoas confia no conteúdo e opiniões de outras pessoas, mais do que o conteúdo publicado pelas marcas.

Eis um exemplo dum testemunho em vídeo na nossa página de testemunhos.



Portanto promova um testemunho ou comentário positivo de algum cliente, de preferência em vídeo, ou use um estudo de caso no Facebook e veja o seu desempenho.

Pode ainda incentivar as pessoas a partilharem vídeos, fotos ou histórias na sua página ao fazer um concurso. Este concurso pode ser dizer “qual é a receita secreta da sua família, ou desenhar um logótipo, ou dar o melhor conselho de vida que recebeu.

Conclusão: como fazer anúncios que as pessoas querem ver

O marketing digital está saturado. Estamos na era da publicidade massiva. Várias empresas fazem anúncios em vários canais para segmentar e chegar a potenciais clientes.

É também por isso que muitos dos anúncios Facebook são ineficazes: os utilizadores estão fartos de publicidade mal feita e fazem scroll pelos anúncios, exibindo cegueira visual a eles sem lhe dar um segundo relance.

Lead magnet que atrai leads

Para que a sua mensagem se destaque dos demais, tem de segmentar para um grupo específico de pessoas o seu conteúdo (especificamente concebido para elas).

Ao criar anúncios bem segmentados, estes irão destacar-se dos outros e irá pagar menos por clique. Poderá assim começar a ter mais resultados e o retorno ao investimento que merece, porque serão anúncios que as pessoas querem mesmo ver.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment