Google Analytics: porquê manter "Referrals"​ e "Social"​ separados

O Google parece ter duas fontes diferentes no que toca às “Referências” e “Redes Sociais” nos relatórios do Google Analytics.

Há vários tipos de dados e relatórios que se conseguem aceder em diversos sítios, o que causa confusão a algumas pessoas que querem analisar os dados de forma correta.

Referencias e redes sociais

Porquê separá-los de todo?

(separar o “Referências” e “Redes Sociais”)

O tráfego social é um pouco instável com tendência à distração. Para a maioria dos sites, estes visitantes não estão mesmo interessados em fazer seja o que for que quer que eles façam (como registar ou comprar).

Eles entram pelo seu site adentro com e voltam para o Facebook, LinkedIn ou outra rede social onde passam o seu tempo.

Puro tráfego de referência (ou seja, tráfego de referência que não seja social) é menos uniforme. No site da nossa agência, os visitantes que vêm dos motores de busca, ou que vêm do LinkedIn, tendem a ficar mais tempo do que visitantes que venham de sites menos conhecidos ou com tendência para distração.

Por isso é que normalmente analiso o meu tráfego social e o não-social separadamente.

E você também devia de o fazer.

Onde é que o Google se enganou

O Google classifica sites sociais como referências nos relatórios de “Referências” e “Origem/meio”, em vez de mostrar o tráfego como social.

Talvez decidido isto assim com a intenção de ter relatórios curtos mas esta inconsistência de classificação de sites sociais é confusa para quem gere a analítica dos sites, seja marketers ou os próprios donos das empresas.

Por exemplo, no relatório em baixo, sites sociais são classificados como referências, exceto por outros visitas de websites ou links que possa ter atribuído com parâmetros de campanha (não está nenhum na imagem por falta de espaço, mas tenho mais referências listadas).

Sites sociais que aparecem nas Referências do Google Analytics

Confusão dos dados

Fica uma desconexão no ar que deixa os utilizadores do Google Analytics confusos porque os dados em “Referências” (Aquisição > Todo o Tráfego > Canais > Referências) não equivale àquele do relatório das Referências (Aquisição > Todo o tráfego > Referências). Parece confuso? Veja bem onde aceder a estes dois no Google Analytics.

Aquisição > Todo o tráfego > Canais > Referral

Aquição > Todo o tráfego > Referências

Assim não pode utilizar estes relatórios corretamente.

A maioria dos utilizadores não se apercebe que partilhar a mesma etiqueta (referência) não significa que partilhem o mesmo “código genético”.

Bem pelo contrário, como pode ver no relatório em baixo que o item da Referral no relatórios dos Canais tem 39 sessões, enquanto que o n.º de sessões nas referências é de 69. Mas nada nestes relatórios indica que eles não devem ser usados alternadamente.

Aquisição > Todo o tráfego > Canais > (Referral)

Aquisição > Todo o tráfego > Referências >

O Google deveria então aproveitar para separar as referências sociais e não sociais, em vez de nos dar uma confusão de dados de referências nos relatórios.

Isto pode parecer um detalhe – mas não é. Vários marketers e empresas estão a tomar decisões com base em certas subtilezas e inconsistências dos relatórios do Google Analytics – sem culpa deles.

O exemplo que mostrei é dum website com pouco tráfego. Mas imagine se a diferença entre 69 e 39 (30), ou seja, 56.5% de inconsistência de tráfego parece pouco, então imagine se for um website que tenha 6900 e 3900 visitas reportadas de forma diferente.

Isto pode ter um impacto significativo em decisões estratégicas.

A minha sugestão

  1. Não ligue aos relatórios de Referências e Origem/meio: em vez disso obtenha os dados de referral a partir do item de “Referral” e obtenha os dados de redes sociais a partir do item de “Social” – ambos no relatório de Canais (Aquisição > Todo o tráfego > Canais).
  2. Veja os dados de conversão dos seus relatórios de Canais para a atribuição do último clique e o relatório das Conversões assistidas (Conversões > Funis multicanal) para conversões que ocorram em várias visitas.
  3. Evite os relatórios de redes sociais do Google Analytics.

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 5167

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment