Dedo a tocar em visor

Um dos elementos principais para ter sucesso no mundo online é fazer com que seja fácil para as pessoas consumir e partilhar o seu conteúdo. Para isso temos de saber onde e como é que o nosso público-alvo passa o seu tempo.

As pessoas usam cada vez mais a internet, e isso tem de ser seriamente levado em conta em qualquer estratégia, agora, não amanhã.

De acordo com um estudo mais de metade das pessoas usam a internet em aparelhos móveis (tablets, smartphones).

Tráfego web movel a subir

É curioso notar que as pessoas com 55 ou mais anos são o segmento da população que mais está a crescer como utilizador móvel. Isto significa mais faturação a nível mundial, pois este segmento tem poder de compra. A internet e os aparelhos móveis não são apenas para os mais novos, que têm pouco poder de compra, mas poder de influência em decisões.

A otimização mobile, ou móvel, afeta várias propriedades online, desde a criação dum website responsivo até ao seu programa de marketing de conteúdos mesmo para utilizadores móveis.

pessoas com +55 anos são o segmento população que mais está a crescer como utilizador móvel.

Tweet: pessoas com +55 anos são o segmento população que mais está a crescer como utilizador móvel. via @designportugal @JoaoAlexConsult

Esta lista apresenta dicas que irão ajudar a posicionar-se bem na sua estratégia para uma correta otimização para utilizadores de aparelhos móveis.

SEO (otimização motores busca)

Design responsivo: deve ser obrigatório no desenvolvimento dum website. Se atualizou recentemente o seu website e não quer voltar a investir de novo, pode criar um site mobile separado do principal, mas note que há vantagens e desvantagens para esta escolha.

Velocidade da página: utilizadores em aparelhos móveis procuram por conteúdo de forma rápida e não têm paciência para grandes tempos de carregamento. Para não perder estes utilizadores, melhore a velocidade da sua página ao:

  • otimizar as suas imagens (mais pequenas, carregam mais depressa);
  • fazer implementação de plugins de cache;
  • minificar folhas de estilo (CSS) e outro código;
  • usar pouco o javascript.

Use ferramentas de teste de velocidade para saber o desempenho do seu website, como o GTmetrix, Webpage Test, Google Page Insights, e Pingdom Speed Test.

Otimização local: se o seu negócio depende duma localização física com muito tráfego pedonal, e quer que ele tenha algum destaque em resultados de pesquisa nos motores de busca a nível local, deve certificar-se que a sua informação de contacto seja consistente em todos os sítios na internet onde ela esteja colocada.

Títulos e meta descrições: utilizadores móveis têm menos ecrã do que utilizadores de computadores de secretária, portanto seja conciso ao escrever as suas etiquetas meta, como títulos e descrições.

Ver também O Guia do SEO

Marketing de conteúdos

Seja conciso, não curto: as pessoas que usam dispositivos móveis precisam de conteúdo que seja de fácil acesso. Corte a “palha” e formate o seu conteúdo de forma a que seja sintético e que faça sentido para com o seu público-alvo. Isto não significa reduzir ou abreviar exageradamente o conteúdo a publicar, mas sim que ele deve ser apresentado de forma a ser fácil de ser digerido.

Faça uso de boas imagens: conteúdo visual tem melhor desempenho na web, particularmente com utilizadores de aparelhos móveis. Uma boa imagem, além de poder valer 1000 palavras, pode ser a diferença entre ter uma pessoa a interagir com o seu conteúdo, ou abandonar e partir para a concorrência.

Use vídeos: quando incluímos vídeo num email, estes têm maiores taxas de abertura e de cliques. As pessoas estão mais interessadas com vídeo, facto comprovado que mostra que os consumidores gastam mais tempo e dinheiro a ver conteúdo em vídeo em dispositivos móveis do que em PC de secretária.

Redes sociais

Uso de móveis: de uma população de 7 biliões, existem 1.70 biliões com acesso e uso a redes sociais acedidas via aparelhos móveis. Ao criar e fazer as suas publicações nas plataformas sociais, lembre-se do público-alvo “móvel”.

Apps “mobile friendly”: muitas das redes sociais têm aplicativos adaptados para dispositivos móveis e outros módulos e add-ons que podem ser integrados nos seus perfis.

Seja visual: use e abuse de elementos visuais nas suas campanhas de redes sociais. Isto é particularmente importante no Pinterest e Instagram, onde colocar imagens e vídeos tem tendência para aumentar o envolvimento das pessoas.

Teste o seu website

O Google tem duas ferramentas para saber se o seu website é mobile-friendly e dar algumas dicas de como pode ajudar a tornar o seu website móvel se ainda não estiver preparado para tal.

1424695904_ktipDica do autor: Se o seu website não estiver preparado para aparelhos móveis, o Google irá penalizar o seu website em resultados de pesquisa móvel.

As ferramentas são o Teste de compatibilidade com dispositivos móveis e a Consola de Pesquisa do Google Webmaster Tools.

O que está a ser mais difícil para si na implementação de programas de marketing digital que são amigos dos aparelhos móveis?

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment