Talvez tenha criado um novo website e tenha um blog, ou talvez até já seja um blogger que anda nisto há algum tempo e quer aumentar os seus leitores.

Está a pensar ter uma maior presença nas redes sociais, mas não sabe onde começar. Se é esse o caso, então este guia é para si.

Como promover o seu blog

Se está à procura de promover alguma coisa, não há razão para não usar as redes sociais. Quer tenha um blog, negócio, produto, ou a sua marca pessoal, o que interessa é ligar-se às pessoas, e atualmente, as redes sociais são um dos meios mais acessíveis para se ligar a um grande número de pessoas a low cost.

Benefícios das redes sociais

  • Gerar tráfego – as redes sociais são uma boa forma de gerar tráfego (visitantes) para a sua oferta. Tanto as empresas como empreendedores descobrem que são elas boas plataformas para encontrar uma audiência para o website.
  • Diversificar tráfego – Se o seu negócio depende dos caprichos do Google para gerar tráfego para o seu website, as redes sociais podem ser um meio alternativo para ter maior diversificação. As redes sociais não têm caprichos de algoritmo como o Google.
  • Aumentar perceção da marca – Quanto mais ativo(a) estiver nas várias plataformas de social media, mais as pessoas começam a reconhecer a sua marca. Mesmo sem grandes orçamentos, pode colocar o seu nome lá fora, na boca das pessoas.
  • Criar relações – As redes sociais não são apenas para empurrar produtos ou serviços, elas foram criadas com o propósito de criar conexões com os outros. Mantenha-se em contacto com pessoas influentes na sua indústria (e fora dela), pois isto poder-lhe-á abrir portas.
  • Benefícios SEO – O Google tem em consideração social signals, em que dá importância ao poder das menções nas redes sociais ao posicionar websites baseado no seu algoritmo. Não se sabe a quantidade de importância que ele dá, mas ganhar atenção nos social media leva normalmente a mais links orgânicos e boca-a-boca, o que é benéfico para efeitos de SEO (search engine optimization).
  • Agora que sabe porque as redes sociais são importantes e porque as deve usar, vou explicar como as usar.

    Escolher as redes sociais mais acertadas

    Um grande erro é pensar que todas elas são iguais. Um maior erro é pensar que as redes sociais são para empurrar produtos e serviços.

    Isto é tanto verdade para empreendedores como para grandes marcas.

    Um grande erro é pensar que as redes sociais são todas iguais. Um maior erro é pensar que elas são para empurrar produtos e serviços.

    As redes sociais servem diferentes tipos de públicos. Não é necessário estar em todas as plataformas para ter sucesso. Aconselho apenas uma ou duas plataformas, e investir bem nelas, em vez de se “espalhar ao comprido” em todas.

    Que plataforma escolher então? Isso depende do seu público-alvo e quais os seus hábitos. Mas talvez isto ajude a decidir que rede social escolher.

    [bctt tweet =”Mais vale investir em 1 ou 2 redes sociais a fundo, do que se espalhar ao comprido em todas.”]

    Facebook

    Facebook ícone

    • A rede social mais genérica
    • Anúncios podem ser poderosos quando bem segmentados
    • Podem ser usados como ponto de vendas e apoio a clientes
    • Bom para criar fãs ferrenhos à marca
    • Grupos públicos onde se pode colocar conteúdo e aumentar perceção

    É impensável hoje em dia uma empresa ou marca não ter uma página Facebook. Além disso, os anúncios podem ser muito eficazes na promoção do seu produto.

    O Facebook é uma grande rede social, apesar de ser um pouco genérica demais para alguns segmentos de mercado. Ainda assim, vale a pena ter uma página Facebook para tirar partido do grande número de utilizadores que por lá andam todos os dias.

    ✭ Artigo relacionado: Guia completo para gerar leads pelo Facebook
    gerar-leads-facebook-guia-artigo-Facebook

    Twitter

    Twitter ícone

    • Bom para se ligar a líderes de opinião e pessoas influentes
    • Útil para criar a sua própria marca pessoal
    • Uma plataforma eficaz para fazer apoio a cliente
    • Rede social para promover concursos e sorteios
    • Boa para encontrar pessoas a falar sobre o seu mercado/nicho

    O Twitter é bom para fazer parte de conversas. Se o seu nicho de mercado envolve notícias frequentes, então o twitter será bom a nível promocional e educacional. Exemplos deste tipo de nichos poderão ser Marketing, SEO, Celebridades ou Entretenimento.

    Incentive as pessoas a retweetar para que os seus tweets tenham mais propensão para se tornarem virais. Pode fazer isto com promoções, concursos e sorteios.

    O Twitter é provavelmente a melhor rede para se ligar a líderes de opinião e pessoas influentes dentro e fora da sua indústria. Às vezes basta um único tweet para começar uma conversa que pode abrir portas.

    ✭ Artigo relacionado: Twitter – Perguntas frequentes
    twitter_faq

    Pinterest

    Pinterest ícone

    • Focado em imagens – se o seu negócio não usa muitas imagens, não use o Pinterest
    • Rede social inclinada para utilizadoras femininas com faixa etária mais velha
    • Se a sua oferta é interessante para mulheres, aposte no Pinterest
    • Tráfego do Pinterest é mais consistente, mas mais baixo do que outras redes sociais
    • Requer publicação de imagens muito apelativas com bom design gráfico para atrair

    Pinterest é a rede social de eleição para quem promover para o mercado feminino. É um dos melhores meios para promover produtos que dependem muito do aspeto visual, como roupa, joalharia, comida, destinos turísticos, e outros.

    Os utilizadores Pinterest são bastante abertos em relação ao que partilham, e à frequência com que o fazem, porque é mais fácil partilhar uma imagem de outra empresa/pessoa do que apoiar uma opinião (se fosse um artigo escrito).

    ✭ Artigo relacionado: Guia Pinterest para marketers digitais
    Guia Pinterest para Digital Marketers

    Instagram

    Instagram ícone

    • Tem semelhanças com o Pinterest, mais é para um público urbano e novo
    • Permite vídeos e imagens (rede social muito focada em imagens)
    • É uma rede social muito à base da personalidade, “voz” e marca (pessoa ou empresa)
    • Bom meio para promover empresas que dependem de imagens (restaurantes, lojas de roupa, etc)
    • Ótimo para mostrar os “bastidores” através de fotos ou vídeos espontâneos

    O Instagram é como que uma versão mais moderna e chique do Pinterest, que apela a um público mais novo e provavelmente mais sofisticado.

    Se eu quisesse promover uma pastelaria típica Lisboeta (pastéis de nata), fazia-o pelo Pinterest, se eu quisesse promover uma pastelaria especializada em chocolates negro e doces sem glúten, eu escolhia o Instagram.

    ✭ Artigo relacionado: Ponha o Instagram a funcionar para o seu negócio
    5-dicas-para-Instagram-seu-negocio

    LinkedIn

    LinkedIn ícone

    • Redes social orientada para negócios
    • Melhor plataforma para marketing B2B
    • Conteúdos publicados lá podem ser boa fonte de tráfego
    • Bom para criar conexões com outros profissionais e abrir portas
    • Normalmente os utilizadores não passam muito tempo no LinkedIn.

    O LinkedIn é uma rede social focada no mundo profissional e de negócios. Normalmente é útil para promover certo tipo de blogs ou produtos/serviços.

    Apesar dos utilizadores não passarem muito tempo lá, se eles clicarem em algo no LinkedIn, significa que estarão mais interessados em aprender ou saber mais sobre alguma oferta ou ideia, do que se estivesse noutra rede social, onde o iriam fazer para efeitos de entretenimento.

    Esta pode ser uma boa rede para se ligar a outras pessoas em certos nichos de mercado, e é uma das melhores, se não que a melhor plataforma para o marketing entre-empresas de B2B (business-to-business).

    ✭ Artigo relacionado: Simples tweak LinkedIn para ter mais clientes
    Homem com chave de fendas gigante

    Promoção nas redes sociais

    Sabendo quais as plataformas que vão ao encontro das suas necessidades, está na altura de começar. Se ainda não tem contas nestas redes, crie-as.

    Após fazer isso, encontre os sítios onde as pessoas (que fazem parte do seu mercado) se juntam com maior frequência e em maior número.

    No Facebook, são os grupos. É preciso tempo para adicionar pessoas como amigos ou pedir para serem fãs duma página, mas juntar-se a um grupo e colocar conteúdo de valor é rápido e expõe o seu conteúdo a pessoas que possam estar interessados naquilo que partilha e na sua oferta.

    No Twitter, são as pessoas com muitos seguidores e as hashtags. Siga utilizadores que têm muitos seguidores (normalmente, quando segue alguém, a pessoa segue-o de volta) e envie tweets de qualidade para eles de forma a que eles venham a fazer retweets seus. Use também hashtags (#) que sejam relevantes para o seu nicho, pois as pessoas irão encontrar os seus tweets por via das suas hashtags.

    No Pinterest, são os álbuns de grupo. Criar os seus próprios álbuns e colocar conteúdo frequente leva tempo e esforço, mas se colocar num álbum de grupo com muitos utilizadores, pode chegar a um grande número de pessoas rapidamente.

    No Instagram, são as pessoas conhecidas. Quer sejam celebridades, ou pessoas influentes (dentro e fora da sua indústria), o objetivo é que estas pessoas o sigam. Para fazer isto, siga-os, goste das fotos/vídeos deles e coloque comentários de valor. O Instagram também tem hashtags (#), faça uso delas.

    No LinkedIn, são os grupos. À semelhança do Facebook, o LinkedIn também tem grupos aos quais se pode juntar. Dependendo do grupo, este pode não ter tanta exposição como têm alguns grupos no Facebook, mas os utilizadores que lerem e clicarem no seu conteúdo estarão provavelmente mais “quentes” e interessadas.

    Outras dicas sobre Social Marketing

    • É melhor publicar frequentemente do que despejar posts todos duma vez. Mesmo que tenha muito conteúdo para partilhar, faça-o de forma intervalada para as redes sociais.
    • Não olhe para o seu umbigo. Publique conteúdo de valor, em vez de tentar empurrar os seus produtos à força.
    • Faça uso de ferramentas que tornem a sua vida mais fácil, como o HootSuite, Buffer ou IFTTT.
    • Tem clientes internacionais? Pense nos fusos horários. Pessoas no Brasil e Angola que possam não ver os seus conteúdos publicados com frequência devido à diferença de hora.
    • Envolva-se com as pessoas e comunidades. A maior vantagem que um(a) empreendedor(a) ou pequena empresa tem sobre uma maior é que pode dar um toque mais pessoal à coisa. As pessoas estão mais propensas para gostar, partilhar, retweetar, upvote, re-pin e segui-lo por ser uma pessoa individual, do que se fosse uma cara escondida por trás duma grande marca.
    • Use as plataformas sociais para saber o que as pessoas querem. Isto é uma comunicação de dois sentidos, não é só publicar conteúdos nossos, mas sim obter feedback das pessoas. Isto pode dar-lhe algumas ideias para novos produtos e serviços ou como vender melhor os que já tem.

    Espero que tenha aproveitado as dicas neste artigo sobre marketing para as redes sociais. Se gostou, siga o exemplo e partilhe nos social media.

    Gostou do artigo?

    Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

    Deixe uma resposta

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    Post comment