Como criar identidade de marca consistente

Uma maneira de construir valor numa marca é criar um conjunto de “regras” de design, que criam consistência em todos os seus materiais de marketing. Estas regras costumam definir-se como “padrões da marca”.

Idealmente, os padrões da marca têm o duplo dever de criar consciência da sua marca e de a diferenciar da concorrência. É recomendável que mesmo as pequenas empresas desenvolvam e mantenham padrões da marca.

O impacto dos padrões da marca pode variar muito, dependendo das suas necessidades.

Concentre-se na estratégia e consistência destas cinco seguintes áreas:

1. Logótipo

Provavelmente não existe nenhum elemento mais importante para os padrões da sua marca do que o uso consistente do seu logótipo. Primeiro, nunca deve alterar ou fazer um redesign do seu logótipo num curto espaço de tempo.

Em segundo lugar, o seu uso e dimensão devem permanecer consistentes dentro de cada veículo de comunicação, por exemplo: flyers, cartões de contacto, papel de carta, envelopes, imagens, etc.

As regras podem variar por tipo de material, mas não drasticamente. É importante manter consistência.

2. Gráficos, vetores

Use símbolos e formas de maneira consistente. A escolha dos mesmos elementos gráficos básicos, ajuda os seus clientes a lembrarem-se da sua marca rapidamente.

Mantenha-se consistente com padrões ou fundos, ou mostre um padrão de consistência que atenda aos padrões da sua marca.

Por exemplo, use uma moldura com o tema corações para um anúncio do dia dos namorados e uma moldura com o tema abóboras para um anúncio do Halloween. Em ambos os casos, a sua moldura deve ser consistente em tamanho e ou peso (ênfase que recebe em relação aos outros elementos da página).

3. Cores

A cor é um dos elementos mais importantes na identidade da marca. Causa uma impressão imediata, no seu público e desempenha um papel importante, na memorização de uma marca.

A cor pode influenciar significativamente a perceção da marca por parte de uma pessoa. Por exemplo, o verde é visto como fresco e saudável, enquanto o ouro, prata e bordô são percebidos como luxo.

Eu recomendo que pesquise e ou teste as cores, antes de se comprometer com alguma. Uma maneira fácil (não científica) de fazer isso é criar um folheto, ou anúncio em 3 ou 4 cores, e pedir a várias pessoas para lhe darem feedback.

Lembre-se, que as cores têm significados diferentes para culturas diferentes. Se a sua marca for internacional, pesquise pelo significado das cores em todas as culturas que estiver presente, para não ter dissabores.

4. Fontes

Escolha algumas fontes para usar nos seus materiais, selecione pelo menos uma fonte com serifas e uma sem serifas. As fontes com serifas têm “hastes” na parte inferior da fonte para guiar o olho do leitor, enquanto as fontes sem serifas não.

Diferença entre fonte com serifas e uma fonte sem serifas

O Times New Roman e o Garamond, são exemplos de fontes com serifas. O Helvetica e o Verdana são exemplos de fontes sem serifas.

As fontes com serifas, funcionam bem em parágrafos e corpo de texto, porque “dão” ao olho algo para ligar. As fontes sem serifas devem ser usadas em títulos, em gráficos, em texto muito pequeno.

Como regra geral não se deve usar mais do que duas fontes num documento, embora uma terceira fonte decorativa possa ser usada com moderação.

5. Estilo Ilustrativo e/ou fotográfico

Pense que tipo de visual quer destacar nos seus materiais de marketing. Quer ilustração ou fotografia? Tente optar por um ou outro.

Independentemente da sua escolha, os seus recursos visuais devem ser semelhantes, em estilo e uso de cores (preto e branco, quatro cores, duas cores, etc.).

Quando tiver identificado as regras acima, anote-as e distribua-as a todos os seus colaboradores e fornecedores (como um designer) para que as tenham como referência.

Os padrões da marca, ajudam a percorrer, o longo caminho para a construção de valor de uma marca. Vale a pena o tempo e o esforço para fazê-lo da forma correta.

A DesignPT Agência Digital ajuda a comunicar o melhor que a sua marca tem às pessoas, de forma inteligente. Peça ajuda dum profissional, invista na sua imagem, obtenha bom design & branding.

Artigos relacionados:
Como escolher o nome certo para a sua marca
O que é uma marca?
10 passos para criar uma marca para a sua firma
Um logótipo não é uma marca
Como Impor uma Marca
Os 7 pecados mortais de uma marca
5 Dicas para criar uma marca memorável

logotipo sauzza3 - Como criar identidade de marca consistente
Logótipo
Design logótipo profissional
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment