Lições de Branding

Quando pensamos em grandes marcas a Apple é das que vem logo à ideia. Desde que foi fundada em 1976, por Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne, a Apple tem mantido uma posição de destaque no mercado global.

É a marca que mais vende, com mais de 800 milhões de dispositivos vendidos e um valor de mercado superior a $700 mil milhões. Não é de admirar, que para muitas pessoas, a Apple seja um exemplo.

Por isso, eis o que pode aprender com o sucesso da Apple e adaptar para a sua marca:

1- Defina a sua identidade

defina-identidade
É difícil estabelecer uma identidade de marca, se não souber qual é a da sua marca. Steve Jobs, disse que o branding da Apple, se desenvolveu em torno da resposta à questão: “O que estamos aqui para fazer?”

A resposta a esta questão abriu caminho não só para o marketing e publicidade, mas para todos os aspetos da sua cultura corporativa e as interações com os consumidores.

Qual é a missão da sua empresa? Deve primeiro, definir o que a sua empresa quer ser e então depois, encontrar maneiras de comunicar de forma clara e consistente a sua identidade para os seus clientes.

2- Seja paciente

Dever se manter sempre atualizado(a), neste mercado em constante mudança, mas não tem de ser necessariamente o primeiro a chegar ao mercado. A Apple tem mostrado que para ser uma marca de sucesso, ser perfeccionista às vezes pode ser melhor do que ser pioneira.

Veja o exemplo do smartwatch, o primeiro foi lançado em 2001 e o da Apple só saiu no início de 2015, ao esperar a Apple não só conseguiu desenvolvê-lo usando a tecnologia existente e torna-lo melhor, bem como foi capaz de criar antecipação, avaliar o mercado e entrar com um produto que supera a concorrência.

É natural para pequenos negócios competirem uns com os outros, mas se estiver sempre a fazer o que os seus concorrentes fazem, não vai ter a oportunidade de liderar. Com isto, não quero dizer que deve ignorar o que os seus concorrentes estão a fazer, a Apple nunca o ignora.

Deve estar sempre consciente do que os seus concorrentes estão a fazer, mas a sua energia e esforços de branding devem ser usados para criar serviços ou produtos que o diferencie e não que imitem a concorrência.

3- Crie fidelidade à marca

fidelidade-marca
O velho debate Mac/PC entre geeks de computadores, mostra como obstinados os fãs da Apple podem ser. A Apple criou uma base de fãs leais, ao ouvir os seus clientes e ao melhorar constantemente os seus produtos.

Steve Jobs, definiu a abordagem da marca ao dizer “Nós nos colocamo-nos no lugar do cliente e perguntamos: O que queremos?”

A Apple é uma marca que abrange todos, ela é uma marca “fixe”, veja o exemplo do iPad a sua acessibilidade faz com que seja usado por pessoas de todas as idades, desde crianças aos jovens de 90 anos.

Portanto, se o seu objetivo for vender tantos produtos quantos conseguir, é importante não deixar ninguém de fora.

4- Mantenha a sua marca relevante

Escusado será dizer, que se a sua marca é tecnológica precisa se manter atualizada. Ao lançar regularmente produtos com tecnologia de ponta, que forneça soluções inovadoras para os problemas dos seus clientes, a Apple fica sempre à frente neste campo.

5- Simplicidade

Existe uma razão pela qual muitos clientes da Apple mantêm a embalagem do produto que compraram, é elegante, simples, e prática. Em todos os aspetos da marca a chave é manter as coisas simples e não complicar a sua mensagem.

6- Seja consistente com a sua marca

Alterar frequentemente o nome da sua marca, ou mudar radicalmente o seu logótipo, prejudica o reconhecimento e compreensão dos consumidores de identificar a sua empresa.

Contudo, se o seu branding não funciona para a sua empresa, então deve investir num logotipo profissional e noutras táticas de rebranding. Mas, quando tem a identidade que atende às suas necessidades, é vital continuar com ela.

A Apple, é instantaneamente reconhecida, porque o seu logótipo é colocado de forma consistente em toda a sua gama e usa o “i” minúsculo para dar início ao nome de todos os seus novos produtos (iPhone, iPhod, iPad, iWatch).

Isto, garante aos clientes uma sensação de familiaridade quando vêm um produto da Apple, conseguem reconhecer um produto novo da Apple, mesmo que ainda não tenham ouvido falar nele.

São poucas as empresas que vão atingir o mesmo nível de sucesso que a Apple, contudo aproveite estas seis táticas e adapte-as ao seu modelo de negócio, para que ajude a manter a sua marca na direção certa.

Artigos relacionados:
Branding, Identidade e Logótipo, Quais as diferenças?
Como escolher o nome certo para a sua marca
7 sinais de que precisa dum redesign do seu logótipo
4 Coisas a não fazer quando quiser um logótipo
Como Impor uma Marca
Como Criar uma Marca sem Fugir ao Orçamento
5 Dicas para criar uma marca memorável
10 passos para criar uma marca para a sua firma
O Poder do Branding
O logotipo duma empresa pode ditar o sucesso dela?

Na DesignPT, ajudamos empresas de todos os tamanhos a construir marcas imparáveis, se você ou a sua equipa precisa de ajuda ou aconselhamento com o seu projeto, entre em contacto connosco.

Design Logótipo
Crie a sua marca com orgulho
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4778

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment