Os 3 maiores riscos de fazer rebranding

Se está a pensar fazer um rebranding na sua marca ou negócio, tenha em mente que é como se fizesse um reset na sua marca, por isso é uma decisão que deve ser bem pensada.

Um rebranding bem pensado, bem estruturado e bem executado pode dar uma lufada de ar fresco a uma empresa e aumentar as vendas. Mas um rebranding mal executado pode ter consequências desastrosas.

Embora existam muitas empresas que conseguem mudar a sua marca com algum sucesso, às vezes pode trazer mais estragos do que se espera.

Como foi o caso da Gap em 2010, que fez um rebranding que não foi muito bem aceite pelos consumidores e viu-se obrigada a reverter para o antigo.

Antes de tomar uma decisão de renovar a sua marca, considere alguns dos potenciais riscos de fazer rebranding:

1. Pode perder os clientes atuais

Quando se trata de fazer rebranding, um dos maiores riscos que todas as empresas podem enfrentar é que os clientes fiéis que foram conseguidos ao logo dos anos podem ser perdidos.

A lealdade dos clientes é um dos principais objetivos das marcas, se os seus clientes existentes não se identificarem com a mudança, eles não vão continuar a comprar de si.

Isto, não será um problema se o seu público-alvo for completamente diferente do anterior, mas se estiver a tentar trabalhar no que já construiu com trabalho árduo fazer uma mudança radical, talvez não seja o rumo certo.

2. A novidade é de curta duração

Em termos de marketing, não há nada mais emocionante do que o lançamento de uma nova marca, de uma perspetiva de vendas e relações públicas, há muito para falar porque a história da empresa tem uma novidade e pode voltar a envolver com os seus clientes.

Mas, o novo não permanece novo para sempre, as pessoas vão perder o interesse e a sua marca poderá ser considerada como inconsistente. O rebranding não é só para chamar a atenção é para criar valor duradouro.

3. Não ter tempo suficiente

Muitas vezes, a razão de o rebranding de uma marca falhar, é porque as empresas não se dão conta do tempo e esforço necessários para implementar uma nova marca. Reintroduzir a sua nova marca leva tempo e dedicação, até que fique na memória dos seus clientes e potenciais clientes.

Para o rebranding ser bem-sucedido é importante perceber que não é um projeto, é um processo que pode levar mais de três anos para beneficiar de resultados positivos, por isso é fundamental que tenha uma estratégia a longo prazo.

Quer o seu objetivo seja fazer um rebranding na sua marca ou se achar que fazer uma ligeira mudança na sua marca é a melhor alternativa, aqui na DesignPT temos especialistas que podem ajudá-lo(a) a tomar a decisão certa para o seu negócio, entre em contacto connosco.

Artigos relacionados:

6 Lições de Branding que podemos aprender com a Apple
Branding, Identidade e Logótipo, Quais as diferenças?
Como escolher o nome certo para a sua marca
7 sinais de que precisa dum redesign do seu logótipo
4 Coisas a não fazer quando quiser um logótipo
Como Impor uma Marca
Como Criar uma Marca sem Fugir ao Orçamento
5 Dicas para criar uma marca memorável
10 passos para criar uma marca para a sua firma
O Poder do Branding
O logotipo duma empresa pode ditar o sucesso dela?

Design Logótipo
Crie a sua marca com orgulho
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.


Notice: presscore_display_share_buttons_for_post foi chamada incorrectamente. Function is deprecated, use the7_display_post_share_buttons instead. Por favor veja Depuração no WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 7.8.0.) in /home/joaoxgaz/public_html/wp-includes/functions.php on line 4986

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment