dicas para criar site profissional

Um site, ainda é a melhor maneira de criar um ponto central, onde os seus clientes se possam manter atualizados com o que pode fazer por eles, entrarem em contacto consigo e comprar os seus produtos ou serviços.

Criar um site profissional, é uma boa ferramenta para construir a sua marca.

Neste artigo, vou deixar oito dicas para criar site profissional. Espero que ajude e que lhe sejam úteis.

1. Escolha uma plataforma que seja fácil de usar e que não tenha limitações na personalização

Se é a primeira vez que está a pensar criar o seu site, provavelmente está um pouco confuso(a) com tanta oferta que vê no mercado.

Como as plataformas, que prometem que poderá criar o seu próprio site gratuito em poucos cliques. Mas, será mesmo isso que quer para mostrar o seu negócio, um site gratuito.

Na comunidade de marketing, ouvirá que o Wordress é a maneira mais versátil de criar um site.

No mundo do comércio eletrónico, recomendarão o Shopify como a melhor maneira de vender facilmente online.

E, finalmente na comunidade de programação, ouvirá uma variedade de estruturas complexas para criar um site HTML / CSS / Javascript.

A nossa recomendação é simples, escolha uma plataforma que ofereça versatilidade e facilidade de uso para as suas necessidades. Para 90% das pessoas, a resposta será o WordPress.

2. Esteja de olho nas métricas certas

A plataforma de analítica mais comum é o Google Analytics. É poderoso, leve e relativamente fácil de usar.

A maioria das pessoas só está interessada em saber quantos visitantes teve o site, num determinado dia ou período.

No entanto, com o Google Analytics pode saber quantas vendas fez, inscrições em newsletter, o que as pessoas estão a procurar no seu site, quantas vezes fizeram o download de um ebook, etc.

Uma métrica bem interessante é o “Comportamento”, aqui consegue ver de que páginas do seu site as pessoas estão a vir e para onde vão depois de visualizar essa página específica (por exemplo: ir para a página sobre, ir para página contacto, sair do site, etc.).

Métrica fluxo de comportamento no Google Analytics

Algumas métricas importantes que pode analisar são:

  • Quantas visitas mensais o seu site tem
  • Quais os canais sociais que geram mais tráfego
  • Que tipo de conteúdo gera mais vendas
  • Relatórios do “Comportamento”

3. Teste o tempo de carregamento da página

De acordo com o blog Kissmetrics:

“40% das pessoas abandonam um site que leve mais de 3 segundos para carregar”.

Teste a velocidade do seu site com frequência, existem ferramentas onde o pode fazer como a PageSpeed Insights do Google.

No Google Analytics, no separador Comportamento > Velocidade do Site, consegue saber quanto tempo o seu site ou determinadas páginas demoram a abrir.

Algumas maneiras rápidas de aumentar a velocidade:

  • Possibilitar armazenamento em cache. Para sites WordPress, isto pode ser tão fácil como instalar um plugin. WP Total Cache é uma boa opção, exige alguma configuração. Se preferir pode optar pelo Comet Cache é um plugin muito fácil de usar.
  • Um Upgrade no alojamento. Se o seu orçamento permitir aumentar o seu pacote de alojamento é uma ótima maneira de diminuir o tempo de carregamento do seu site.
  • Desativar plugins desnecessários. Se usa o WordPress, verifique quantos plugins ativou, se tiver mais de 20 ou até mesmo mais de 10, existe uma boa hipótese de que sejam responsáveis pelo tempo lento de carregamento.

4. O seu site deve ser profissional

Quer seja uma organização sem fins lucrativos, um empresário em nome individual, um blogger, etc., o seu site deve ser profissional e o mais confiável possível.

O ideal é contratar um profissional para desenvolver o seu site, mas se o seu orçamento não o permitir, pode optar por comprar um tema profissional para o WordPress.

5. A simplicidade é a chave

Se for à nossa homepage vai ver que é bastante simples, num bom sentido.

Barra de navegação e call-to-action

Quando alguém chega a homepage da DesignPT, existem apenas três sítios principais onde se focar.

  • A duas call-to-action.
  • A barra de navegação, com apenas os links mais importantes.

É muitas vezes, na barra de navegação que se comete o erro de colocar muitos links, o que torna o processo de decisão mais difícil para o internauta.

Experimente esta dica para saber se vale a pena ter todos os seus links no seu menu de navegação.

    1. Faça o download da extensão do Google Analytics para o Chrome.
    2. Vá para a sua homepage e habilite a extensão.
    3. Veja as estatísticas para a sua barra de navegação.

Quais os links da sua barra de navegação que não obtêm cliques? Será que vale a pena mantê-los?

6. Facilite o contacto e seguirem-no nas redes sociais

Muitas vezes, encontramos sites que praticamente é impossível de contactar. Às vezes, até os formulários de contacto não funcionam.

Certifique-se, que é fácil para alguém que entra no seu site entrar em contacto consigo. Pode ter os contactos principais, como um email e um contacto telefónico, sempre visíveis no topo das suas páginas. E num link “Contactos” ter informação mais completa e ter um formulário de contacto.

Tornar o mais fácil possível alguém entrar em contacto consigo é a diferença entre fazer uma venda ou perder uma venda.

7. Todas as páginas do seu site devem ter um objetivo claro

Voltando à ideia de simplicidade, cada página do seu site deve ter um objetivo em mente, não vários.

Se uma página está a vender um item, não vai querer ter outras áreas de foco, como promover os seus canais sociais ou mostrar os seus posts mais recentes, etc.

Mantenha-o simples. Mantenha-o focado.

8. Crie uma lista de fãs

O email é possivelmente o canal de marketing online mais antigo.

No entanto, o poder de uma lista de email é apreciado por todos, desde CEOs, a músicos, a marketers, a empresários….

Pense numa lista de email, como a forma mais estável de comunicação que pode ter com o seu público. A sua lista de email vai ser sempre sua.

Com o marketing nas redes sociais, um algoritmo pode ser lançado da noite para o dia e o alcance orgânico é reduzido significativamente. Foi assim com o Facebook e muitas pessoas que dependiam da sua página Facebook para pagar as suas contas, ficaram a ver navios.

Uma lista de email é muito mais previsível. Com as inovadoras ferramentas de email marketing que existem no mercado, poderá facilmente segmentar os seus subscritores e clientes e enviar-lhes emails que são mais relevantes para eles.

Eis três dicas que pode seguir para começar a criar uma lista de email:

    1. Inscreva-se num serviço de email marketing
    O MailChimp têm um plano gratuito com muitos recursos, recomendo começar por aqui. Existem também outras opções, como o e-goi a aWeber, Drip, ActiveCampaign e ConvertKit que também merecem ser exploradas.

    2. Crie um formulário de subscrição
    Os serviços de email marketing como o MailChimp normalmente possuem essa opção. Veja este artigo.

    3. Ofereça algo
    Ofereça algo para incentivar as pessoas a se inscreverem na sua lista. Crie um incentivo que seja de interesse para o seu público-alvo, como um ebook ou guia, checklists, vídeos, infográficos, etc.

Veja este artigo com dicas para crescer uma lista de emails.

Resumindo

Lembre-se: Simplicidade é muitas vezes a melhor opção. Tenha em mente objetivos simples quando estiver a criar as páginas do seu site.

E não se esqueça de pedir feedback. Existem muitos detalhes que por vezes nos passam ao lado ou que pensa que são muito importantes, que podem afastar os seus visitantes.

Na DesignPT, ajudamos empresas de todos os tamanhos a construir marcas imparáveis, se você ou a sua equipa precisa de ajuda ou aconselhamento com a sua marca, entre em contacto connosco.

Artigos relacionados:
Quanto custará criar um website?
Páginas que todo o website empresarial deveria ter
Guia completo para criar site de negócios
Como criar um site de 1 página para lançar o seu negócio
Erros num site que podem estar a sair caro
14 Sinais de que precisa de um site novo
4 coisas para colocar no seu website (e 3 a retirar)
Guia dos leigos para o desempenho dum site
Checklist essencial para otimização do website

Logótipo
Design logótipo profissional
a partir de €200

Gostou do artigo?

Receba conteúdo de marketing e ferramentas para aumentar as vendas e crescer a sua empresa.

6 comentários

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.